6/18/2013

"Arraiá Povo Festeiro" promove valorização das tradições juninas


A pontada como uma das expressões populares mais importantes da nossa região e de todo nordeste, as festas de São João são uma tradição em Imperatriz e é destaque na política de valorização da cultura e das tradições do nosso povo. O “Arraiá do Povo Festeiro” é o evento oficial da Prefeitura Municipal de Imperatriz que, através da Fundação Cultural divulgou sua programação oficial ontem, com a presença da imprensa na sede da FCI.  

O Arraiá acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de Junho, na quadra poli-esportiva da Av. Beira-Rio. “Enquanto o formato principal, vamos dar continuidade ao projeto que iniciamos há quatro anos, onde as atrações principais são os grupos de cultura popular, os grupos de inclusão e o nosso famoso e disputado concurso de quadrilhas”, afirmou Lucena Filho, presidente da Fundação Cultural de Imperatriz.    

A programação que iniciará todos os dias as 19h30 trará as atrações estão o Grupo Batalhão Real, da mestra da cultura popular Dona Francisca do Lindô, o grupo Kizomba, os grupos de quadrilhas juninas da APAE e da Casa do Idoso, além das quadrilhas premiadas regionalmente “Arrasta Pé”, “Zé Comeu” e “Mete-e-tira”. Mas, segundo Lucena Filho, o Arraiá do Povo Festeiro de 2013 também trará novidades. “Estamos introduzindo também a famosa Sala de Reboco, onde estaremos promovendo uma Gincana Cultural entre as universidades de Imperatriz, dando uma premiação em dinheiro para a vencedora”.
Quadrilhas juninas: Integração, evolução e valorização

O Arraiá do Povo festeiro está integrado também como uma das etapas classificatórias para o “Concurso Regional de Quadrilha Juninas do Maranhão”, onde se apresentaram duas quadrilhas de fora de Imperatriz, “Enconsta N’eu” de Campestre e “Mocidade Junina“ de Grajaú. E estão competindo nessa etapa também quatro quadrilhas imperatrizenses. “Entendemos que depois de um tempo de dificuldades, os grupos da nossa cidade voltara a se fortalecer e estão cada vez mais competitivos e expressivos regionalmente”, afirmou Lucena Filho.

Para Maria Eunice da quadrilha “Mete-e-tira”, a maior valorização é o pagamento dos cachês a todas as quadrilhas que participam do Arraiá. “Antes só recebiam as 3 primeiras quadrilhas, e muitas vezes a gente não era contemplado. Agora podermos investir mais no espetáculo.” O cachês se dividirão em duas divisões, as quatro quadrilhas que mais pontuarem receberão 3 mil reais, as demais 2 mil reais.       

BOX

PROGRAMAÇÃO QUADRA PRINCIPAL:

Dia 21

Horário
Atração
19h30
Apae (Grupo Convidado)
20h
Casa do Idoso (Grupo Convidado)
20h30
Grupo de Dança Popular - Sotaque de Imperatriz
21h
Grupo Folclórico – Boi Vitória

Concurso de Quadrilhas
21h30
Impera Junina
22h
Encosta Neu (Campestre)
22h30
Arrasta Pé

Dia 22

Horário
Atração
19h30
Projeto Vida e Esperança – Quadrilha Pé de Moleque (Grupo Convidado)
20h
1° Escola Bilíngue do MA, ASSIM (Grupo Convidado)
20h30
Grupo de Dança Popular – Batalhão Real
21h
Grupo Folclórico – Boi Bem Querer

Concurso de Quadrilhas
21h30
Mocidade Junina (Grajaú)
22h
Zé Comeu
22h30
Sovaco de Cobra

Dia 23

Horário
Atração
19h30
Quadrilha Junina Pró-Idoso (Grupo Convidado)
20h
Casa dos Especiais (Grupo Convidado)
20h30
Quadrinha Junina Pro Jovem Adolescente
(Grupo Convidado)
21h
Grupo Folclórico – Quizomba

Concurso de Quadrilhas
21h30
Quebra-coco
22h
Vai-e-Vem
22h30
Mete e Tira
23h
Mensageiros

PROGRAMAÇÃO SALA DE REBOCO:

Dia 21

Horário
Atração
20h
Banda Farol de Milha
Dia 22

Horário
Atração
20h
Washington “Forró” Brasil e banda
Dia 23

Horário
Atração
20h
Banda Xote Xique

ATIVIDADES BARRACAS UNIVERSITÁRIAS:
            Para relembrar as brincadeiras tradicionais da festa junina, uma Gincana Cultural envolverá os acadêmicos das seis universidades envolvidas em suas respectivas barracas, seguindo um caráter de pontuação através de cinco tarefas que acontece nos três dias de festa:
·         Festival do Milho: De caráter popular, estimula o gosto pela culinária junina, com pratos à base de milho, primando pela criatividade e inovação dos participantes;

  • Melhor barraca decorada: Prioriza elementos da festa de forma decorativa, com organização e animação dos participantes;
  • Rei e Rainha do Milho: A beleza e a alegria são fatores determinantes da festa. Nada mais justo de que a representação seja na personalização do Rei e da Rainha de cada grupo participante, ambientando os três dias de festa;
  • Dança da Laranja: Diversão garantida com a formação de pares em manter o equilíbrio seguindo o ritmo da música sem deixar a laranja cair no chão;
  • Melhor fantasia: Cada grupo participa com até três pessoas, devidamente caracterizada com personagens típicos do nordeste brasileiro, sendo eles: Luís Gonzaga, Lampião e Maria Bonita.