3/31/2012

Prefeitura de Imperatriz inaugura neste sábado novo pólo da Universidade Aberta do Brasil.


O polo de Imperatriz atende hoje 1053 alunos distribuídos em 17 cursos de graduação, aperfeiçoamento e especialização.

“Um dia histórico para a cidade” assim resume o secretário municipal de educação Zeziel Ribeiro ao comentar a inauguração do  novo prédio da Universidade Aberta do Brasil, programa de ensino superior  a distancia mantido pela Prefeitura em parceria com as  Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Universidade  Estadual do Maranhão (UEMA).

A inauguração da  nova UAB, que tem o nome de fantasia  de Polo de  apoio presencial Professor Vito Milesi  será neste sábado ás 8  horas da manhã.

A Universidade Aberta do Brasil (UBA) deixa as antigas e acanhadas instalações, localizada na Rua Leôncio Pires Dourado e passa, a partir de hoje, a funcionar nas dependências da antiga Escola União, na Rua D. Pedro I.

Para que o espaço pudesse receber a UAB a Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação fez um grande investimento. As salas foram climatizadas. Foi construído um  moderno auditório a ainda ampliado o laboratório de informática.

Ontem pela manhã o prefeito Sebastião Madeira  visitou a nova sede da UAB. Estava acompanhado do secretário  Zeziel Ribeiro.


“Na nossa gestão a Educação tem tido um espaço mais do que especial. Temos tido o cuidado de investir forte na qualificação dos profissionais, mas, também estamos, desde o primeiro momento, investindo na expansão do espaço físico para atender a demanda cada vez maior. Construímos novas   escolas, ampliamos as que já existiam e agora com esse novo prédio, melhoramos e ampliamos o espaço da UAB” comentou o prefeito. 
        
     Num rápido contato com a imprensa o secretário de educação  explicou  que o município tinha se habilitado ao programa Universidade Aberta ainda  em 2005, mas os gestores da época não se preocuparam em implanta-la.

 “Ao percebemos a importância desse programa para o avanço da educação, não só  do nosso município, mas para toda região não pensamos duas vezes. Conversamos com o prefeito e ao recebermos o sinal verde tratamos logo da implantação do projeto que, com essa inauguração, ganha uma nova dimensão e visibilidade”  destacou o secretário.

O que é UAB

A Universidade Aberta do Brasil é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância. O público em geral é atendido, mas os professores que atuam na educação básica têm prioridade de formação, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal.

Francisca Noronha Lô, coordenadora do polo explica como ele funciona:


“Em Imperatriz, o polo UAB – Vito Milesi funciona desde 2009 e é de responsabilidade da Prefeitura de Imperatriz através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e atende um total de 1053 alunos distribuídos em 17 cursos de graduação, aperfeiçoamento e especialização. Em 2012, 147 alunos dos cursos de especialização apresentaram Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e está aguardando a publicação das notas”.

Os cursos:

Administração Pública
Formação Pedagógica 
Filosofia
Pedagogia
Matemática
Gestão em Saúde
Gestão Pública
Gestão Pública Municipal
Saúde Materna Infantil
Saúde da Família
Saúde Mental
Formação em Educação no Campo
Educação para a Diversidade
Educação Integral e Integrada
Formação para Mediadores de Leitura
Educação para Jovens e Adultos
Direitos Humanos

Ambientes:
         A construção das novas instalações do Polo UAB em Imperatriz, abrangeu os seguintes ambientes para o desenvolvimento de cursos na modalidade à distância, com qualidade:  
Auditório;
Laboratório de informática;
Sala de aula (três);
Web conferência;
Recepção;
Secretaria acadêmica;
Sala de Coordenação;
Banheiros;
Banheiros para pessoas com deficiência;
Sala de web;
Sala de tutoria;
Biblioteca;
Cantina. 
POLO MUNICIPAL DE APOIO PRESENCIAL PROF. VITO MILESI

Mantenedor do polo: Prefeitura Municipal de Imperatriz, Gestor Sebastião Torres Madeira

Secretaria responsável pelo polo: Secretaria Municipal de Educação – SEMED, Secretário Zesiel Ribeiro da Silva

Coordenador do polo: FRANCISCA NORONHA LO

Endereço da 1º Sede: Rua Leôncio Pires Dourado. Nº 1250, Bairro Bacuri, CEP: 65901020 Imperatriz - MA (Próximo ao Corpo de Bombeiros)
Endereço da sede atual: Rua D. Pedro II S/N, Bairro União (antigo Colégio União)
Inicio das atividades do polo: Dezembro/2009





Projeto Saúde e Prevenção nas escolas lança Concurso Literário 2012


Nos últimos dois dias (29 e 30), a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) realizou o encontro de lançamento da edição 2012 do Concurso Literário do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE). O evento contou com a participação de todos os professores de 6º ao 9º ano da rede municipal de ensino, inclusive zona rural. Além do lançamento do edital, o SPE realizou palestra com o tema:Sexualidade na adolescência e juventude: (re) construindo saberes’.

A coordenadora do SPE, Maria Elinete Gonçalves Pereira, explicou o objetivo do concurso. “O Concurso consiste na seleção das melhores redações concebidas por alunos do Ensino Fundamental, anos finais (6º ao 9º ano), da rede municipal de ensino, atendendo ao tema ‘Sexualidade na adolescência e juventude: (re) construindo saberes’. Tem como um dos objetivos sensibilizar alunos, professores e comunidade escolar a buscarem conhecimentos acerca da temática sexualidade na adolescência e juventude, na perspectiva da promoção da saúde e prevenção de doenças”, disse.

Regulamento

O Concurso está direcionado aos alunos de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Cada escola poderá enviar até cinco redações previamente escolhidas por uma comissão instituída na própria escola composta por gestor, professor, coordenador, supervisor, professor multiplicador do projeto e demais profissionais da escola.

Para participar, as escolas municipais e seus respectivos alunos devem preencher a ficha de inscrição, enviando-a para a Secretaria Municipal de Educação, Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, nos turnos: matutino e vespertino até dia 15 de junho de 2012, acompanhada da redação produzida pelo aluno.

Não será permitida a particiação de alunos que apresentem propostas incompletas (sem ficha de inscrição); fichas de inscrições ilegíveis; redações que não preencham quaisquer dos requisitos regulamentares, que não sejam escritas a punho próprio (letra do aluno), copiadas da internet ou retiradas de livros ou elaboradas em casa ou outro local que não seja em dia e hora determinados pela professora (o) e sob a sua coordenação.

Haverá premiação para os alunos que forem classificados em primeiro, segundo e terceiro lugar. Os prêmios serão: um note book para o 1º lugar, patrocinado pelo Programa Municipal DST; uma câmera digital 16.2mp Sony para 2º lugar, e um aparelho celular para 3º lugar, patrocinado pela SEMED. E para os professores orientadores da redação classificada haverá a premiação de 2.000,00 (dois mil reais) para o 1º lugar, de 1.000,00 (mil reais) para o 2º lugar e 500,00 (quinhentos reais) para o 3º lugar.

Além da premiação, será confeccionado um livro, com as 50 (cinquenta) melhores redações dos alunos. Todas as escolas participantes irão receber um exemplar do livro confeccionado e os alunos contemplados com a redação para confecção do livro, receberão certificados de participação. (Comunicação)

3/30/2012

Médico aponta avanços na Saúde de Imperatriz


A saúde de Imperatriz avançou e pode avançar ainda mais. Esta, segundo ele,  é a busca constante da Prefeitura Municipal. A melhora da comunicação entre as unidades de saúde pode ser o caminho para se conseguir que o Governo Federal aumente os recursos para a cidade. É esta a opinião do secretário adjunto de saúde, Arnaldo Alencar.

Segundo Arnaldo Alencar, a Prefeitura pode solicitar o aumento dos recursos destinados à cidade pelo Ministério da Saúde. Para isso, no entanto, precisa comprovar que aplica, pelo menos, 85% dos recursos que atualmente são enviados. “Ele [prefeito] precisa gastar, pelo menos, cerca 85% do recurso federal para, depois, pedir o aumento dos recursos. Melhorando o sistema de informação, que é o que fez a Secretaria de Saúde neste ano, nós vamos ter condições de fazer isso”, disse ele.

Neste processo, o secretário adjunto destacou a importância do Sistema de Regulação (SisReg). Para ele, foi com a implantação deste sistema que o município conseguiu integrar as mais diversas áreas da rede municipal de saúde.

 “O procedimento que é feito na Vila Nova, ou na Nova Imperatriz, pode ser informado lá mesmo e ele [procedimento] entra direto no sistema. Já é um avanço que nós tivemos neste ano. É fundamental este tipo de implantação de serviço, pois é através destes números que município vai ou não aumentar ou mesmo pleitear o aumento dos seus recursos”, garantiu o secretário.


No caso da Secretaria Municipal de Saúde [Semus], as ações são, ainda de acordo com Alencar, distribuídas por todas as unidades de saúde da cidade. Apesar de haver maior visibilidade naquilo que é feito no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), ele argumenta que postos e centro de saúde também são amplamente atendidos pelas ações da Prefeitura.

PMAQ

Arnaldo Alencar aproveitou para apresentar o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), criado pelo Ministério da Saúde. O objetivo é melhorar a qualidade do serviço prestado.

Alencar diz que o valor a ser enviado pelo Ministério da Saúde ao município para a implantação do PMAQ será repassado aos funcionários da saúde. O objetivo é incentivá-los a atender cada vez melhor os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Antes de implantar o programa, no entanto, o município deve cumprir uma série de determinações do Governo Federal. “Para isso, precisamos atender a várias exigências que o Ministério [da Saúde] está colocando na portaria. É isso que estamos planejando para este ano: fazer este PMAQ funcionar a contento, porque o objetivo final é o atendimento ao usuário”, garantiu.

Arnaldo Alencar finalizou lembrando dos diversos avanços na área da saúde, e citou o HMI e o HII como exemplo, destacando a criação a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, com dez leitos, e a UTI adulta, que passou de dez para 20 leitos; e a climatização das salas de observação. (Comunicação)

3/29/2012

Comunidade do Povoado Cacauzinho recebe reforma e ampliação da Escola João Lisboa

Escola também ganhou laboratório de informática conectado à internet



Escola também ganhou laboratório de informática conectado à internet

Na manhã de ontem (28) alunos e professores da Escola Municipal João Lisboa e toda a comunidade do Povoado Cacauzinho receberam, da Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), a Escola Municipal João Lisboa (Povoado Cacauzinho), reformada, ampliada e com laboratório de informática.

Emocionados, os alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental da escola agradeceram a ação realizada com a seguinte afirmação: “Hoje estamos felizes porque, para nós, a escola dos sonhos já é uma realidade”, fazendo inferência ao poema “A escola dos sonhos” de Paulo Freire.

Renato Jorge, gestor da escola, também se emocionou ao agradecer ao prefeito Sebastião Madeira e ao secretário de educação, Zesiel Ribeiro. “Hoje, toda a nossa comunidade está mais que agradecida à Prefeitura de Imperatriz. Estamos recebendo a escola dos sonhos. Todos nós aqui da escola já trabalhamos nos doando em prol de uma educação de qualidade aqui no Povoado Cacauzinho. A obra de hoje é resultado também do nosso esforço. Nós estamos sempre lutando e buscando cada vez mais”, disse, emocionado.

“Quero agradecer a todo o governo do prefeito Madeira pelo empenho em realizar esta obra aqui na nossa comunidade. Esta obra é de grande importância, nos incluirá também no cenário digital, pois a Escola Municipal João Lisboa recebe hoje além da reforma e ampliação, um laboratório de informática”, afirmou Antônio da Rocha Moraes, pai de aluno.

Entre as autoridades presentes, além do prefeito e do secretário Zesiel Ribeiro,  os secretários José Fernandes Dantas (Agricultura) Iramar Cândido (administração), Hudso Alves  (Governo) e os vereadores Buzuca e Zé do Créa.

Na oportunidade, o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, aproveitou para reafirmar o compromisso com a cidade de Imperatriz em todos os setores.

Compromisso com a educação

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, destacou seu compromisso com a educação da cidade. “Nosso compromisso é com a cidade de Imperatriz e com os cidadãos que a compõe. 

Temos investido em educação de qualidade, porque educação é a nossa prioridade. É através dela que investimos no futuro de nossas crianças e toda a cidade mas, as ações da Prefeitura de Imperatriz envolvem infra- estrutura, saúde, desenvolvimento social, agricultura, esporte e todos os outros setores”, garantiu o prefeito.

Madeira destacou o índice de investimento no loca, lembrando que o benefício é integral para a comunidade e, em especial, para os estudantes. “[O investimento] foi de oito mil reais por cada aluno. Isso é para vocês terem uma idéia do nível de investimento que está sendo feito aqui, para dar oportunidade a estas crianças Com um moderno laboratório de informática, com carteiras novas e modernas”.

O prefeito aproveitou para mostrar a cisão que tem das crianças em relação ao futuro de Imperatriz. “Aqui é um local de construir cidadãos e cidadãs. É um local de dar oportunidade para estas crianças construírem o seu futuro”,  garantiu Madeira.

Presente no evento, o secretário de educação, Zesiel Ribeiro, explicou que os alunos das escolas que integram a Educação no Campo hoje têm as mesmas oportunidades dos outros que estudam em escolas da zona urbana.

“Nós na Secretaria de Educação nos preocupamos em dar igualdade de oportunidades a todos os alunos que integram a Rede Municipal de Ensino; os mesmos projetos, programas e ações desenvolvidas em escolas da zona urbana também acontecem em escolas da zona rural, como: ProInfo Educacional, Sistema de Ensino Projecta-Melhor Escola, Gestão Nota 10, Escola Ativa, Serviço de Orientação Educacional e diversas outras ações que tem como objetivo desenvolver em Imperatriz uma educação de qualidade que priorize o desenvolvimento humano”, finalizou o secretário.

Ações para Educação no Campo


Com o objetivo de desenvolver em Imperatriz uma educação de qualidade, priorizando pelo desenvolvimento humano dos alunos e dando iguais condições de acesso ao ensino a todos os estudantes que integram a Rede Municipal de Ensino, a SEMED desenvolve projetos e ações específicas nas 32 escolas localizadas em povoados da zona rural de Imperatriz, através do Departamento de Educação no Campo.

Em agosto de 2011, a Secretaria Municipal de Educação realizou inauguração da reforma da Escola Municipal Humberto de Campos (Povoado Açaizal). Já em 2012 realizou reinauguração das escolas: João Guimarães (Povoado Água Boa) e São Félix (Povoado São Félix) e a construção de um poço artesiano na Escola Municipal Enock Alves Bezerra.

Já o Programa Escola Ativa foi implantado no primeiro semestre de 2011 em 15 escolas que fazem parte da Educação no Campo da Rede Municipal de Ensino com salas multisseriadas.

 O objetivo do programa é criar condições para a aprendizagem voltada para a compreensão da realidade social na qual a criança está inserida, buscando estimular vivências que objetivam a aprendizagem, a participação, a colaboração, o companheirismo e a solidariedade, envolvendo, reconhecendo e valorizando todas as formas de organização social. (Comunicação)

Prefeitura e 50 BIS discutem novas parcerias


O comandante do 50 BIS, Tenente-coronel Badyy Mitre e  os majores Aristóteles e Reno,  visitaram  o prefeito Madeira ontem pela manhã


O comandante do Quinquagésimo Batalhão de Infantaria e Selva,   Baddy Mitre e os majores Reno e Aristóteles  fizeram ontem pela manhã uma visita de cortesia ao prefeito Sebastião Madeira  numa retribuição ao ato do prefeito  ter,  recentemente,  prestigiado a posse do novo comando da unidade do Exercito Brasileiro em Imperatriz.

 Na recepção ao comando do 50 BIS Madeira estava acompanhado do  controlador geral do Município Cândido Madeira.

A visita acabou naturalmente se transformando uma reunião de trabalho  com o prefeito e o comando do 50 BIS discutindo novas e futuras parcerias.  No ano passado, ainda no comando do tenente-coronel Anatólio, que hoje serve em Brasília,  numa ação inédita, Prefeitura e Exercito se juntaram  contra o mosquito da dengue.

O controlador Cândido Madeira , que na época ajudou a viabilizar a parceria,  lembrou que a parceria com o Exercito foi fundamental para que a Prefeitura pudesse ter acesso aos locais aonde os agentes de endemia  tinham  dificuldade de chegar e assim proceder um combate mais efetivo ao causador da dengue.

Como resultado de parceria com a Prefeitura os homens do  50 BIS chegaram a reformar  uma das escolas da Rede Municipal na periferia da  cidade.

No encontro de ontem Madeira conversou  com o comandante do 50 BIS  sobre um projeto de abertura de uma nova  avenida  margeando  a mata do  Batalhão. A consecução dessa nova via  passaria, por parte do Exercito, da cessão de um  “ pedaço”   da  área do   Batalhão.  

Além de nova avenida o prefeito apresentou ao comandante do  50 BIS a proposta da construção de uma pista  para caminhadas e corridas, margeando toda aquela área que possui cerca  de seis quilômetros.

Baddy Mitre gostou da proposta do prefeito, reconheceu não ser impossível, mas esclareceu que um projeto desses passaria por uma decisão superior.  Os dois pré-agendaram uma visita  á área para uma  maior visualização do projeto.

A presença  do 50 BIS em Imperatriz já chegou aos  40 anos.  O Batalhão conta com pelo menos 600 homens.
  

Prefeitura e 50 BIS discutem novas parcerias


O comandante do 50 BIS, Tenente-coronel Badyy Mitre e  os majores Aristóteles e Reno,  visitaram  o prefeito Madeira ontem pela manhã


O comandante do Quinquagésimo Batalhão de Infantaria e Selva,   Baddy Mitre e os majores Reno e Aristóteles  fizeram ontem pela manhã uma visita de cortesia ao prefeito Sebastião Madeira  numa retribuição ao ato do prefeito  ter,  recentemente,  prestigiado a posse do novo comando da unidade do Exercito Brasileiro em Imperatriz.

 Na recepção ao comando do 50 BIS Madeira estava acompanhado do  controlador geral do Município Cândido Madeira.

A visita acabou naturalmente se transformando uma reunião de trabalho  com o prefeito e o comando do 50 BIS discutindo novas e futuras parcerias.  No ano passado, ainda no comando do tenente-coronel Anatólio, que hoje serve em Brasília,  numa ação inédita, Prefeitura e Exercito se juntaram  contra o mosquito da dengue.

O controlador Cândido Madeira , que na época ajudou a viabilizar a parceria,  lembrou que a parceria com o Exercito foi fundamental para que a Prefeitura pudesse ter acesso aos locais aonde os agentes de endemia  tinham  dificuldade de chegar e assim proceder um combate mais efetivo ao causador da dengue.

Como resultado de parceria com a Prefeitura os homens do  50 BIS chegaram a reformar  uma das escolas da Rede Municipal na periferia da  cidade.

No encontro de ontem Madeira conversou  com o comandante do 50 BIS  sobre um projeto de abertura de uma nova  avenida  margeando  a mata do  Batalhão. A consecução dessa nova via  passaria, por parte do Exercito, da cessão de um  “ pedaço”   da  área do   Batalhão.  

Além de nova avenida o prefeito apresentou ao comandante do  50 BIS a proposta da construção de uma pista  para caminhadas e corridas, margeando toda aquela área que possui cerca  de seis quilômetros.

Baddy Mitre gostou da proposta do prefeito, reconheceu não ser impossível, mas esclareceu que um projeto desses passaria por uma decisão superior.  Os dois pré-agendaram uma visita  á área para uma  maior visualização do projeto.

A presença  do 50 BIS em Imperatriz já chegou aos  40 anos.  O Batalhão conta com pelo menos 600 homens.
  

Idosos recebem atendimento do Programa Hiperdia


A programação começou na última terça-feira e foi encerrada ontem

A Secretaria Municipal da Saúde (Semus) por intermédio do Programa Hiperdia realizou, nos últimos dois dias, na Casa dos Idosos, situada na rua Alagoas, no bairro Juçara, atendimento de 300 idosos. Esse serviço começou a ser oferecido na última terça-feira (27), sendo encerrado ontem (28).

Na ocasião, os idosos foram submetidos a testes de glicemia e verificação da pressão arterial, além de avaliação da saúde. Eles também puderam assistir palestras educativas. “Trabalhamos nesses dois dias apenas temas relacionados à saúde do idoso”, explicou Vanessa Aguiar, coordenadora do Programa Hiperdia, da Semus.

Ela ressaltou que o objetivo da campanha é fazer um levantamento de quantos hipertensos e diabéticos participam da Casa do Idoso. O objetivo é repassar as orientações necessárias para esses dois grupos de riscos. “Essas doenças podem ser prevenidas com atividades físicas e hábitos alimentares saudáveis”, frisou a coordenadora.

Vanessa Aguiar observou que, atualmente, a população está mais preocupada com a saúde, buscando praticar exercícios físicos em logradouros públicos e academias de ginásticas. “As pessoas buscam manter o peso equilibrado, visando prevenir algumas doenças, recorrendo às academias como forma de controlar a saúde”, conta.

Qualidade de vida

A coordenadora do Hiperdia avaliou que a qualidade de vida da comunidade imperatrizense tem melhorado nesses últimos anos, estimulado pela prática de exercícios físicos e hábitos alimentares. “Foi pactuado sessenta por cento dos leitos para a população de Imperatriz, mas apenas quarenta ocupam esse patamar, o restante é ocupado pelos moradores de cidades circunvizinhas”, finalizou. (Comunicação)

3/27/2012

Obras das escolas São Felix e Enock Alvez Bezerra são entregues


Comunidade compareceu em bom número aos eventos

Um fim de semana dedicado à educação. Assim foi orientado o último sábado (24) da Prefeitura de Imperatriz. O gestor municipal, Sebastião Madeira, acompanhou a entrega à população das obras realizadas nas Escolas São Félix, no povoado São Félix, e Enock Alvez Bezerra, no povoado Imbiral. A população compareceu em grande número aos dois eventos.

Pela manhã, o prefeito esteve na reinauguração da Escola Municipal São Félix.

Construída ainda na gestão do ex-prefeito Renato Moreira, o centro de ensino foi totalmente reformado para atender às novas necessidades dos estudantes. A estrutura de ensino foi melhorada, já que o local recebeu um laboratório de informática conectado à internet. A nova ferramenta dará mais comodidade, praticidade e eficiência às pesquisas dos alunos, que poderão ser feitas sem sair da escola.

A comodidade e o visual da escola também foram melhorados. O centro de ensino recebeu novas carteiras e uma nova pintura. Por último, a escola ganhou um muro, que vai contribuir com a segurança de toda a estrutura e, principalmente, dos alunos.

O prefeito Sebastião Madeira, durante a sua fala, destacou que, hoje, as escolas municipais da zona rural e da zona urbana têm o mesmo nível de ensino e educação. Segundo ele, as duas regiões são igualmente tratadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e pela Prefeitura.

O secretário municipal de educação, Zesiel Ribeiro, destacou os reflexos da nova estrutura da escola na motivação de professores e alunos. “Através destas obras, o prefeito Madeira está valorizando a educação em todos os aspectos, proporcionando mais qualidade e oportunidade também para a educação do campo. O professor e os alunos estarão mais motivados e valorizados para desenvolver o trabalho com mais qualidade e toda a comunidade agradece”, afirmou.


As cerimônias de entrega das obras contaram, ainda, com a presença dos vereadores José Carneiro Santos, o Buzuca, e Joel Costa; do coordenador da Defesa Civil de Imperatriz, Francisco das Chagas Silva, o Chico do Planalto; e do secretário municipal de agricultura, José Fernandes Dantas.

Imbiral

Já no caso da escola Enock Alvez Bezerra, o município resolveu o problema de abastecimento de água. No local, foi inaugurado um poço artesiano.

A escola já possuía um poço, no entanto, a água fornecida por ele era de péssima qualidade. Com a obra, a expectativa é que o problema seja, finalmente, resolvido.

O vereadores  Buzuca e Joel Costa destacaram a importância da ação no local. Eles lembraram que, ainda que a obra seja simples, a água é um recurso fundamental a vida.

Comunidade agradece


A comunidade presenciou aos dois eventos de reinauguração. Em ambos os casos, o sentimento era de gratidão por, finalmente, perceber que estes problemas foram resolvidos. É o caso da gestora da Escola Municipal São Félix, Conceição de Maria Silva. “Este é um momento especial para todo o corpo docente, discente e a comunidade. Nós sempre sonhamos com o que hoje recebemos do secretário de educação, Zesiel Ribeiro, e do prefeito Madeira. Percebemos o grande investimento que eles tem feito por uma educação de qualidade em toda a cidade de Imperatriz”, garantiu.

Presente ao evento, a coordenadora do Ensino Fundamental da Semed e ex-aluna da Escola São Félix, Genilza Sipião, destacou a importância do investimento da educação na vida das pessoas.

 “Estudei meu ensino fundamental nas escolas São Félix e Dom Pedro, aqui na Estrada do Arroz. Toda a minha educação foi em escolas públicas e foi a educação que transformou a minha vida e me deu oportunidades de crescimento. Hoje, percebo que as ações desenvolvidas pelo prefeito Madeira e pelo secretário de educação Zesiel Ribeiro são em prol de uma educação de qualidade. Não percebemos nenhuma diferenciação em relação às escolas da zona urbana, em detrimento das escolas da zona rural. Todos os alunos da Rede Municipal de Ensino de Imperatriz tem igualdade de oportunidade e ensino de qualidade”.

Moradora do povoado são Félix há mais de duas décadas, Maria Francisca Sousa se emocionou ao falar sobre a reinauguração. Segundo ela, o município tornou realidade dois dos maiores desejos do povoado. “Moro no povoado São Félix há 24 anos e a reforma da escola e a construção do muro sempre foram nossos desejos. Hoje, toda a população esta agradecida. Obrigado Madeira, obrigado Zesiel”, disse.

O sentimento de gratidão também foi visto na Escola Enock Alvez Bezerra. Segundo o gestor do centro de ensino, Francisco Messias da Silva, a Prefeitura resolveu o mais grave problema do local, que já se arrastava por anos. “Há muitos anos enfrentamos o problema de não ter água potável na escola e em todo o Povoado Imbiral. Com a construção do poço, este não será mais um problema para os alunos e para a comunidade”.

As ações em benefício das escola da Zona Rural continua amanhã (28). Desta vez, acontece a reinauguração da Escola Municipal João Lisboa. No local, foram feitas obras de adaptação dos banheiros para pessoas com deficiência; construção de muro; reforma da cozinha e construção de refeitório; troca de portas, telhas e do piso e pintura. No sábado (31), serão inauguradas as novas instalações da Universidade Aberta do Brasil (UAB) (Polo de Imperatriz), que funcionará na Rua Dom Pedro II (Bairro União). (Comunicação)

3/26/2012

Nos 160 anos de Imperatriz mais um concurso de fotografia e artes plásticas.


Por ocasião das comemorações alusivas ao aniversário da cidade a Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Fundação Cultural e da Assessoria de Comunicação, realizará a quarta edição do Concurso de Fotografia, oportunidade para os amantes da arte de fotografar  abusarem da criatividade e captar  os diversos anglos da cidade.

Junto ao concurso de fotografias a FCI realizará o Terceiro Concurso de Artes Plásticas.  Portanto, preparem máquinas,  pincel e tintas  e,  vamos que vamos.

Por falar em fotografia nosso reconhecimento público á  ativista social Vanusa Babaçu,   uma das grandes incentivadoras da fotografia em Imperatriz.  
Na sua sala de aula no Senac, Babaçu já formou ,  ao longo de pelo menos três anos, dezenas de fotógrafos.
A ela nossos parabéns pelo trabalho realizado e pelos muitos que ainda estão por vir.

3/25/2012

Criada a União do Hip Hop de Imperatriz

Com a presença de be- boys, MCs, Rappers, DJs, grafiteiros e jogadores de basquete de rua,  foi realizada na tarde deste domingo, 25,  na área externa do  Restaurante Popular de Imperatriz a primeira reunião ampliada da União do Hip Hop de Imperatriz. 
Desde o mês passado o movimento, que reúne cerca de três mil jovens de quase  todos os bairros de Imperatriz, por meio da Secretaria de Municipal de Desenvolvimento Social, passou a ter o apoio da Prefeitura.

Os planos da liderança do movimento, como os MCs  David , Pregador e os be-boys   Ari e Boy  Junior são ambiciosos:  além de  procura atrair mais jovens para dentro, do que eles chamam de cultura Hip Hop,  a ideia é chegar aos bairros aonde  eles ainda não têm representantes.
O  Hip Hop cristão de Imperatriz tem uma mensagem forte contra as drogas, a não violência e  a crença em Deus.

3/23/2012

Blitz orienta população sobre preservação da água


Vigilância em saúde desenvolveu atividade educativa sobre o tema

No Dia Mundial da Água, comemorado ontem (22), a Prefeitura de Imperatriz procurou conscientizar a população pela importância e a necessidade de preservação deste recurso. Durante todo o dia, membros da Vigilância em Saúde Ambiental realizaram um blitz educativa, na avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, entre as ruas Pará e Amazonas, com o objetivo dar informações aos condutores sobre tema.

Na ocasião, os funcionários do órgão deram explicações e distribuíram folders aos motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres com informações sobre formas de uso racional da água. Além disso, também foi divulgado o programa Vigiágua, que é coordenado pela Vigilância em Saúde.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Wyderlânya Aguiar, lembrou que, em Imperatriz, a responsabilidade pelo tratamento e distribuição da água é da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). No entanto, segundo ela, o Vigiágua atua como um fiscal do município sobre a qualidade da água. “[A responsabilidade] é do Estado. [Mas], a partir do momento em que percebemos que um estabelecimento não está recebendo água de boa qualidade, nós vamos até esse órgão, que é a Caema, passar o resultado da nossa análise de água para que eles tomem uma providência”, destacou.

Além do Vigiágua, a Vigilância também mantém os programas Vigiar e Vigisolo, que fiscalizam, respectivamente, questões relacionadas ao ar e ao solo. Sobre os estabelecimentos que não respeitam as determinações do município e insistem em poluir a água, o ar ou o solo, Wyderlânya lembra que há penalidades. “Nós temos a Vigilância Sanitária, estruturada dentro do município, que é o órgão que tem o poder de autuar, multar e, até mesmo, interditar determinado estabelecimento que não venha atendendo as exigências a Secretaria [Municipal] de Saúde”, finalizou a coordenadora.

Dia Mundial da Água

O dia 22 de março foi instituído como o Dia Mundial da Água no ano de 1992, pela ONU, para conscientizar a população sobre a necessidade de preservação deste recurso natural. A idéia era evitar o desperdício e a poluição.
Segundo a ONU, menos de 0,1% da água do planeta pode ser, em condições naturais, consumida pelo ser humano. Desta forma, ainda de acordo com a Organização, há possibilidades reais de que, em um futuro próximo, falte água potável no planeta. A preservação é vista como a principal alternativa para a mudança deste quadro. (Comunicação)

Postagem em destaque

Salário de concurso público aberto chega a R$ 27,5 mil no ES

--> Salário é para as 50 vagas para juiz do Tribunal Regional Federal. Outros dois concursos estão abertos com salários de até R$ ...