Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Sedes participa da folia com o "Carnaval Solidário"

Imagem
Com o objetivo de promover uma ação social nos quatro dias de folia em Imperatriz, a Fundação Cultural lançou em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social  o Bloco Solidário, para arrecadar alimentos não perecíveis durante a programação do “Carnaval A gente faz”. Os pontos de coleta estarão no circuito da Jardineira, na Praça Mané Garricha e na Cultura, onde os brincantes poderão realizar suas doações. A partir das 16h, terá uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, parceira do projeto, na recepção do bloco. Após o carnaval, instituições filantrópicas serão escolhidas para receberem os alimentos arrecadados, que serão entregues pelo prefeito Assis Ramos. Sara Ribeiro – Ascom/PMI

Bloco ImperaMulher é lançado no Carnaval

Combate à violência é um dos objetivos da organização A Prefeitura, por meio da Secretaria de Políticas para a Mulher, lançou no sábado (25), o Bloco ImperaMulher. A iniciativa busca conscientizar os foliões na luta pelo fim da violência às mulheres. A concentração tem sido  na Praça Mané Garrincha, às 16h e os brincantes acompanham  o circuito da Jardineira até a Praça da Cultura. Com o tema  “Um carnaval de paz e respeito, pelo fim do estupro e dos abusos contra as mulheres”, o bloco utilizará faixas que destacam o respeito e valorização feminina, principalmente, neste período de festa. Não haverá padronização de fantasias ou camisetas, pois segundo a secretária da pasta, Edna Ventura, “o ImperaMulher, acolherá aqueles que se identificam com a causa”, explicou.  Também será distribuído material de divulgação com orientações sobre as formas de combate a violência contra a mulher, além de esclarecimentos sobre os serviços da Secretaria. Sara Ribeiro – Ascom/PM

Suzano Papel e Celulose investirá na instalação de primeira linha de tissue do Maranhão

Imagem
Projeto voltado ao mercado de papéis sanitários também prevê fabricação de produto acabado na Unidade Mucuri (BA)   A Suzano Papel e Celulose anuncia nesta sexta-feira o investimento na compra de equipamentos que permitirão a conversão de papel tissue, também conhecido como papel para fins sanitários, em produto acabado. Esta será a primeira fábrica do estado do Maranhão voltada à fabricação do papel utilizado na confecção de papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, entre outros itens. O investimento divulgado hoje também prevê a construção de uma segunda linha de conversão na Unidade Mucuri, na Bahia. O principal foco de ambos os projetos é abastecer o crescente mercado de papéis sanitários das regiões Nordeste e Norte do País. “O consumo per capita nas duas regiões ainda é inferior à média brasileira e acreditamos que a retomada da economia impulsionará ainda mais o consumo local dos papéis sanitários”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano Papel e Celulose

Carnaval “A Gente Faz” começa hoje!

Imagem
Foliões terão toda estrutura e segurança no reinado de Momo             Os palcos da festa já estão montados. Tudo pronto para a abertura do Carnaval A Gente Faz – 2017, que tem início às 16h, com concentração na Praça Mané Garrincha e animação de Negrinni e Banda. A partir das 18h o circuito com a Jardineira abre alas puxando os foliões até a Praça da Cultura.             O trajeto pelas ruas Rui Barbosa, Godofredo Viana, Treze de Maio, XV de Novembro, Rui Barbosa e Coronel Manoel Bandeira, até a Praça da Cultura recebeu uma iluminação especial. Durante todo o percurso equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura - SINFRA estarão fazendo a limpeza das vias para garantir um ambiente mais seguro aos foliões.             A Praça Mané Garrincha, por ter a concentração mais curta, contará com 10 banheiros químicos e na Praça da Cultura são 30, além de dois adaptados para o uso de pessoas portadoras de deficiências físicas.             O prefeito autorizou a Funda

DEFINIDA E ANUNCIADA A PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE IMPERATRIZ

Imagem
  Vencido o estresse da “primeira vez”,   verificada a saúde financeira do município, firmadas as parcerias com o Governo do Estado e a iniciativa privada,   a Prefeitura, por intermédio da Fundação Cultural (FCI), anuncia a programação oficial do Carnaval de Imperatriz O primeiro evento de massa da “Era Assis Ramos.  A programação anunciada pelo próprio prefeito é  diversificada e respeita todos os gostos.  Foi mantido o “carnaval da família” embalado pelas tradicionais   marchinhas no circuito Mané Garrinha/ Praça da Cultura   mas,   que   não deixou de lado   os ritmos do maranhão,   as batidas da   Bahia,   e até mesmo a baladas de “sofrência” transformadas em ritmo de carnaval. Não custa nada lembrar que além da tradição das "marchinhas" uma conquista importante da folia de momo em Imperatriz nos últimos anos foi a tranquilidade sendo esta, segundo a Polícia Militar, uma das mais seguras de todo o Maranhão. Os números apresentados pela briosa, provam isso.

Em Brasília, deputado Léo Cunha reúne com senador Roberto Rocha em busca de recursos para a Região Tocantina

Imagem
O deputado estadual Léo Cunha (PSC) se reuniu em audiência com o senador da república Roberto Rocha (PSB), ontem (8) em Brasília (DF), onde tem cumprido extensa agenda de compromissos. Também estavam presentes os prefeitos de Carolina, Erivelton Teixeira (SD); de Buritirana, Vagtonio Brandão (PSDB); de Campestre, Valmir Morais (PT); de Estreito, Cícero Neco (PMDB); de Vila Nova dos Martírios, Karla Batista (PSDB) e de Formosa da Serra Negra, Janes Clei (PDT). Na oportunidade, o deputado Léo Cunha apresentou ao senador algumas demandas colocadas como prioridades para os municípios do Sul do Maranhão. “Viemos aqui em busca de apoio, estamos lutando incansavelmente em Brasília por benefícios e ajuda com recursos para estas cidades”, explicou. O senador Roberto Rocha garantiu durante a audiência que em 2017 ajudará a região com mais recursos, principalmente voltados para as áreas de Saneamento Básico, Pavimentação, Saúde e Esporte. “Aproveito para representar os demai

Ainda há tempo: Cultura inscreve até hoje candidatas do Carnaval 2017

Imagem
Chiquinho França, presidente da FCI  Seguindo a tradição imperatrizense, o Rei Momo não sairá de um concurso, mas sim de uma escolha da comissão organizadora             Enquanto percorre as empresas que se dispõem a colaborar com o carnaval de rua, patrocinando e expondo sua marca no evento, o Presidente da Fundação Cultural, FCI, Chiquinho França, programa o lançamento oficial da programação dos chamados "dias grandes" e das atividades que antecedem a festa, Hoje, por exemplo, se encerra o prazo para as mulheres que querem se inscrever para o Concurso de Rainha do Carnaval 2017 - o prazo vai até às 17h00, na sede da Fundação Cultural.             Ficou marcada para o dia 16 a apresentação do Rei Momo, com a participaçã o de DJ 's que tocar ão marchinhas carnavalescas. Na ocasiã o, haver á desfile das candidatas ao título de Rainha do Carnaval, quando o corpo do júri avaliará criatividade, fantasia e traje de gala.             O lançamento oficial do

Marco Aurélio cobra permanência de voos e agências bancárias em Imperatriz

Imagem
Em seu primeiro pronunciamento na volta às atividades da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), destacou na tarde desta segunda-feira (06) duas situações que têm causado muitas reclamações da sociedade imperatrizense. O parlamentar destacou os anúncios feitos pelas superintendências dos Bancos do Brasil e do Nordeste sobre o fechamento de agências bancárias na cidade. " São causas urgentes para Imperatriz e que representam uma perda de direitos da população de nossa região Tocantina. As direção do Banco do Brasil anunciou o fechamento da agência do Banco do Brasil da Praça da Cultura, enquanto o Banco do Nordeste tornou pública a decisão de fechar a agencia da Avenida Bernardo Sayão. "Já na última semana, uma outra grave notícia atingiu a sociedade imperatrizense, quando a empresa aérea Latam anunciou a redução dos voos no trajeto Imperatriz/Brasília, algo que prejudica diretamente o nosso desenvolvimento. Nos deixando sem op

Continuam abertas inscrições para “Workshop “As ferramentas do sucesso em tempos de crise”

Imagem
Com entrada franca, mas vagas limitadas, o  evento é esperado com expectativas e vai acontecer na quinta-feira, a partir das 19h, no Palácio do Comércio e Indústria de Imperatriz Raimundo Primeiro Faltando seis dias para a realização do Workshop “As ferramentas do sucesso em tempo de crise”, as inscrições continuam abertas, mas devido a limitação do espaço onde ocorrerão as palestras, o Salão de Coffee-Break do Palácio do Comércio e Indústria (PCI), as vagas são limitadas. As inscrições para o workshop, uma parceria com a Ativa Consultoria, estão acontecendo na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Imperatriz, localizada na rua Bom Futuro, 455, Centro. De acordo com as informações, o objetivo é apresentar as possibilidades de negócios nesse cenário de recessão econômica por que continua passando o País, por meio das ferramentas que estarão sendo apresentadas pelos expositores, ao longo do acontecimento. Segundo o empresário Francisco da Silva Almeida, o Chico Brasil, pres

TCE E SEBRAE REALIZAM ENCONTRO COM GESTORES MARANHENSES

(Assessoria)  O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão e o Sebrae, realizam nesta sexta (10), o II Encontro do Tribunal de Contas e Desenvolvimento Local (TCDL). O evento acontece em Imperatriz, a partir das 8h no auditório do Palácio do Comércio. São convidados a participar da reunião de trabalho, prefeitos, vereadores e presidentes de câmaras da região. O objetivo do encontro é orientar os gestores sobre os ajustes na sistemática das prestações de contas trazidas pela Instrução Normativa (IN 46), que dispõem da forma de organização e envio da documentação ao TCE. A nova sistemática traz vantagens para os jurisdicionados, órgão de controle e a sociedade em geral; com uso intensivo de tecnologia da informação, visando fortalecer os mecanismos de transparência.  A Instrução Normativa também contempla a implantação e implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, Lei Complementar nº 123 / 2006, que institui tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas nas

Meio ambiente: Nem tudo está perdido

Imagem
  O poder público, com seu poder de polícia, pode muito quando se fala em organizar a cidade. Riacho Santa Teresa Multar, rever ou cancelar, licenças,  fechar estabelecimentos irregulares e até , após o devido processo legal, expropriar, ou desapropriar propriedades, são apenas alguns dos mecanismos que podem ser acionados, dependendo de cada situação,  para manter a cidade em ordem. O poder público tem suas obrigações e deveres; o cidadão também. Imperatriz abriga muita gente que não a respeita; que " não tá nem ai pra nada", Joga lixo no meio da rua, nos terrenos baldios,  dentro doa riachos,  e que sequer tem coragem de limpar sua  porta; contudo,  há outros que fazem o contrário: com gestos simples, mas muito significativos, tentam, e na medida do possível, localmente, deixar a cidade mais bonita. No Santa Rita comunidade começa a transformar área  que era lixão  Na manhã de sábado acompanhei a professora Ivetilde Delgado, do Comitê da

Em nota, Prefeitura de Imperatriz anuncia jogo duro contra donos de terrenos baldios transformados em lixões

Imagem
Fidelis Uchôa  e Rosa Arruda, secretários de Planejamento Urbano e Meio Ambiente    Legislação prevê multas que chegam a R$ 2 milhões de reais e até a expropriação da área. O esforço do poder público em Imperatriz  para conscientizar  a população a não jogar lixo na rua ou nos terrenos baldios  é “ancestral”. Em alguns casos a situação, principalmente no período chuvoso é de saúde pública, vez que  os terrenos baldios transformados em lixões também são depositários de vetores que  afetam a  saúde da população. Na manhã de hoje, segundo a assessoria de comunicação da prefeitura,  o prefeito Assis Ramos decidiu jogar duro contra os donos dessas áreas. Conforme a nota da Ascom “ Deevido aos últimos acontecimentos relacionados a lixo e entulhos jogados pela população em terrenos baldios pela cidade, e que os donos não tomam providencias, o prefeito Assis Ramos determinou na manhã desta sexta (03) que sejam tomadas todas as medidas, em razão de coibir, notificar e até desapro

O abandono, “a revolta cidadã” e o Maranhão do Sul

Imagem
(Em memória de Ulisses Braga) Élson Araújo Historicamente a Costa sempre esteve “de costas” para o interior. O sentimento de abandono da parte interna do Maranhão "é sentido" há mais de cinco séculos. Ao longo dos anos o sul e sudoeste do Estado têm sido uma voz ativa desse sentimento tanto, que tal inquietação, há duzentos anos, fez com que se pensasse na criação da “República dos Pastos Bons” que conforme a história dessa região, chegou a ter até manifesto. Foi, a partir desse movimento, que houve a semeadura de uma divisão do Maranhão com o surgimento de um novo Estado, sonhado e anos depois batizado de Maranhão do Sul. A palavra chave para esse sentimento latente de rebeldia desse lado do Estado em relação ao poder central, em São Luís, é abandono/ desprezo. Imperatriz e a região sempre tiveram menos do que mereciam. Se não fosse o trabalho pioneiro dos bravos de várias partes do Brasil e do mundo que acreditaram na força dessa terra, a região não

“Maranhão do Sul” volta a ser tema de debate no Estado

Imagem
Entidade  vai ser fundada em Imperatriz  para reerguer a bandeira pela criação do novo Estado Integrado por jornalistas, professores, profissionais liberais e  líderes classistas surge mais um movimento de luta pela criação  do Maranhão do Sul, um desejo  dos maranhenses desse lado do Estado que já tem quase 200 anos e que agora  passará a ter a Associação Pelo Desenvolvimento da  Região Tocantina e do Mranhão do Sul- Adermasul-  como uma das  suas colunas. A primeira reunião de trabalho para o nascimento da entidade ocorreu na noite da última terça-feira, 31, na sala de reuniões  da Vieira Advogados. Convocada pelo jornalista Josué Moura a primeira reunião contou com a presença do empresário e liderança maçônica Fernando Antunes, presidente do Comitê Pró- Maranhão do Sul, entidade que num tempo recente chegou a realizar vários eventos, no Maranhão e em  outros estados,  defendendo a causa.  Além de Antunes, participaram da primeira reunião  os jornalistas  Elson Araújo