Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Jomar e João traçam estratégias para o final da campanha

Os candidatos a prefeito Jomar Fernandes (PT) e João Batista (PP) tivaram uma demorada conversa na noite desta quarta-feira (24) na sede do Centru, a ONG do lendário mito da esquerda brasileira Manoel da Conceição, na Nova Imperatriz. Pelo que se informa a conversa não foi à sós. Contou com a participação de coordenadores de campanha. O conteúdo da conversa não vazou mas, depreende-se tendo por base a últimas aparições dos mesmos no Programa Eleitoral, que ambos devem encetar uma estratégia comum de campanha nessa fase final do processo que passaria pelo endurecimento do discurso. Nos últimos dias a estratégia dos dois dois é atacar o candidato Madeira, que lídera todas as pesquisas de intenção de voto para prefeito realizadas em Imperatriz nas últimas semanas. A reunião entre os dois pré-candidatos gera imediatamente um elenco de especulaçoes. A principal delas: que João e Jomar estariam se preparando para juntar forças para montar uma estratégia comum de enfrentamento à cand

Caso Ivanildo Júnior- Coligação Ildista aproveita para atacar Madeira

Entra eleição e sai eleição no início meio ou no final sempre aparece um cadáver explorado politicamente. Os caras não respeitam nem o sentimento da família da vítima. O candidato da coligação “Construindo e Transformando” Ildon Marques “grudou no cadáver do jovem Ivanildo Júnior para atacar o Governo do Estado e por tabela, atingir seu adversário Sebastião Madeira. O Corpo do rapaz, morto por policiais, que já estão presos, nem bem tinha sido sepultado e o caso já estava no programa do 15. Pelo que se informa, até camisetas alusivas ao caso a coligação do Ildon já mandou confeccionar. Puro oportunismo. O governador Jackson Lago determinou à cúpula do Sistema de Segurança, rigor na apuração do caso para que os culpados sejam exemplarmente punidos. Os PMS Abreu e Smile, suspeitos do crime,já prestaram depoimento. Se comprovada a participação deles no assassinato deverão ser excluídos da corporação e no caso de uma condenação estão sujeitos à pena que que varia entre 12 a 30

Madeira lidera com vantagem a disputa pela Prefeitura de Imperatriz

A primeira pesquisa do IBOPE Inteligência sobre a disputa pela Prefeitura de Imperatriz aponta que o candidato Madeira (PSDB) tem a preferência dos eleitores, registrando 46% das intenções de voto. O atual Prefeito, Ildon Marques (PMDB), tem 19% das menções, seguido por João Batista (PP), que aparece com 10%, empatado tecnicamente dentro da margem de erro de cinco pontos percentuais com Jomar Fernandes (PT), citado por 7% dos entrevistados. Os candidatos Justino Filho (PTN) e Wilson Leite (PSOL) atingem 1% das menções cada. Outros 4% dizem votar em branco ou nulo e 13% estão indecisos. As entrevistas em Imperatriz foram realizadas entre os dias 29 e 31 de agosto. Pergunta: Se a eleição para Prefeito de Imperatriz fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria?(*) TOTAL Madeira-45-PSDB 46% Ildon Marques-15-PMDB 19% João Batista-11-PP 10% Jomar Fernandes-13-PT 7% Justino Filho-19-PTN 1% Wilson Leite-50-PSOL 1% Branco/ Nulo 4% Não sabe 1

Ministério Público pede cassação da candidatura de Ildon Marques

Imagem
Denúncia formulada pelo Comitê da Cidadania, organização fundada com base na Lei 9840, para combater a corrupção eleitoral, ao Ministério Público resultou na instauração de uma investigação judicial eleitoral contra o prefeito e candidato à reeleição Ildon Marques (PMDB). O processo 34/2008 aguarda julgamento na 33 Zona Eleitoral. Na ação o MP pede a cassação do registro da candidatura de Ildon que deve ser citado nas próximas horas para apresentar defesa. Na denúncia formulada pelo Comitê da Cidadania, e apresentada à Justiça , a Coligação de Ildon é acusada de realizar “ blitz” em frente a um supermercado na rua Ceará, onde além de distribuir material de propaganda, oferecia refrigerante a eleitores, o que à luz da legislação eleitoral caracteriza vantagem pessoal vedada pela lei. O Comitê justificou entre outros fundamentos que a referida conduta caracteriza “captação ilícita de sufrágio”; ou seja, ao distribuir o refrigerante a coligação liderada por Ildon contrariou