6/07/2013

Prefeitura apoia instalação do escritório regional de Pesca e Aquicultura em Imperatriz


 O prefeito Sebastião Madeira, acompanhado do presidente da Colônia de Pescadores Z-29, Salomão Santana, recebeu em audiência nessa quarta-feira (5) o superintendente federal da Pesca e Aquicultura no Maranhão, Júnior Verde. Na ocasião, discutiram o projeto de instalação do escritório regional da Pesca, em Imperatriz.

Madeira assegurou ao superintendente que o município apoiará a instalação do órgão viabilizando um imóvel e um servidor para funcionamento do escritório regional da Pesca em Imperatriz. “O escritório vai facilitar a vida dos pescadores profissionais de Imperatriz, e da região Tocantina, e resolver qualquer situação atinente à sua atividade hoje sem necessidade de se deslocar para São Luís”, diz ele.

Em entrevista, o superintendente estadual Júnior Verde explicou que a instalação do escritório regional é considerada de suma importância e representa a intenção do Ministério da Pesca e Aquicultura em regularizar todos os pescadores profissionais de Imperatriz e dos municípios da região Tocantina.

“Imperatriz é uma cidade importante do sudoeste do Maranhão, onde todos os pescadores terão acesso aos serviços oferecidos pelo Ministério da Pesca e Aquicultura, sem a necessidade de se deslocar para São Luís (640 km de Imperatriz)”, disse ele.

Ele argumenta ainda que a instalação do escritório viabilizará o acompanhamento de projetos que estão sendo implantados em Imperatriz. Ele cita, como exemplo, a reconstrução do sonhado Mercado do Peixe, onde o governo Federal, por intermédio do Ministério da Pesca e Aquicultura, disponibilizou recursos para execução da obra em Imperatriz.

Plano Safra disponibilizará recursos para pescadores

O superintendente federal da Pesca e Aquicultura garantiu que também serão disponibilizados recursos através do Plano Safra que beneficiará dezenas de pescadores profissionais da região Tocantina. “Virá ainda outros recursos para o pescador adquirir equipamentos de pesca, embarcações, aquicultores e piscicultores que poderão ampliar teus tanques de peixes em Imperatriz e municípios da região”, disse.

Júnior Verde assinala que a instalação do escritório regional descentralizará o atendimento aos pescadores e produtores do sudoeste do Maranhão. “Esse escritório proporcionará o desenvolvimento dos setores produtivos –pesca e aquicultura— em Imperatriz e cidades circunvizinhas”, conclui