4/14/2014

Prefeito em exercício Hamilton Miranda prestigia "Justiça nos Bairros". Projeto realizado pelo TJ-MA teve o apoio da Prefeitura.

O projeto é desenvolvido nacionalmente e tem como objetivo realizar ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida das comunidades carentes.

Nos dias 11 e 12 de abril, Prefeitura e poder judiciário de Imperatriz trabalharam em parceria nas ações do Projeto “Justiça nos Bairros”. A iniciativa que tem como premissa “educar para os direitos, mediar e formar agentes comunitários” foi implantada no Maranhão pela corregedora geral da Justiça, desembargadora Nelma Sarney. O projeto é desenvolvido nacionalmente e tem como objetivo realizar ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida das comunidades carentes. Imperatriz foi primeira comarca do Estado a receber as ações do Projeto.

Para o juiz Delvan Tavares, o envolvimento do poder judiciário e executivo nas ações em benefício das comunidades carentes proporcionam resultados positivos.  O magistrado enfatiza que mais importante do que as ações realizadas é presença das instituições públicas na comunidade. “O projeto representa a aproximação do poder judiciário e das instituições públicas e proporciona a acessibilidade que muitas vezes é comprometida por conta do distanciamento”.

O prefeito em exercício, Hamilton Miranda, ressalta que a parceria, além de levar cidadania para as comunidades carentes, por intermédio de assistência social, casamento comunitário, atendimento médico e orientação jurídica, visa também aproximar o poder público dos cidadãos.  “O reflexo dessas ações para a comunidade é cidadania. Sabemos que o bairro da Leandra tinha um alto índice de criminalidade, mas é uma realidade que está sendo mudada. Faz 100 dias que não há registros de ocorrências criminais na localidade. Isso representa uma conquista significativa para a comunidade”.

A coordenadora do CRAS do bairro Bacuri, Dégila Barros, destaca que o poder judiciário e a Secretaria de Desenvolvimento Social têm articulado políticas públicas para beneficiar o bairro na parceria estabelecida, “O Vila Leandra possui um índice de criminalidade e pobreza elevado. A Sedes já desenvolve trabalhos junto à comunidade, e agora tem intensificando o trabalho de assistência social nessa parceria firmada com o poder judiciário”.

Além dos poderes Judiciário e Executivo, as ações tiveram apoio da Defesa Civil, Exército, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Foram disponibilizados para a comunidade, atendimento odontológico, psicólogo, vacinas, assistência social e médico.  O município foi representado pelas ações das secretarias de Desenvolvimento Social, Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico. E poder judiciário pelos juízes Delvan Tavares (Vara da Infância e diretor do fórum), Ana Beatriz Maia (2ª Vara Cível), coordenadora do projeto em Imperatriz, Adolfo Pires da Fonseca (2ª Vara da Família) e Gladiston Cutrim (Vara da Mulher).

Durante a ação, foi celebrada a união de 144 casais. Entre eles, o casal Jecilene Mendes e Itamar Ribeiro que há mais de 10 anos viviam juntos sem formalizar a união. Para o casal, a oportunidade que o projeto proporcionou representou, além da realização de um sonho, uma nova visão social do bairro.