3/26/2015

Madeira discute parcerias com representantes de empresa de logística:

A empresa de logística vai fazer um investimento estimado em  R$ 200 milhões de reais e gerar cerca de 400 empregos diretos 

O prefeito Sebastião Madeira e os secretários Zesiel Ribeiro (educação), Richard Sebba (Meio Ambiente) Saulo Dino (Esportes), Cabo J Ribamar (Trânsito)  Daniel Souza (Regularização Fundiária), o Enéas Rocha,  adjunto da Secretaria de Governo, e o vereador Esmerahdson de Pinho se reuniram ontem pela manhã com representes da VLI, a empresa de logística que vai implantar na cidade uma oficina de manutenção de locomotivas; um investimento estimado em  R$ 200 milhões de reais.

Francília Cutrim e Jairo Carvalho, respectivamente analista de relacionamento institucional e analista de meio ambiente, apresentaram propostas da empresa para parceria nas áreas de educação ambiental e esportiva. Da parte da Prefeitura uma expectativa de parcerias maiores como que as que favoreçama construção de aparelhos públicos, como a construção quadras esportivas, e até a doação para o âmbito do município da área do Horto Florestal.

O projeto da VLI é desenvolver atividades de educação ambiental nas comunidades que residam próximas ou nas imediações da Ferrovia Norte Sul.  No caso de Imperatriz o secretário de educação Zesiel Ribeiro e o prefeito apresentaram como polo dessas futuras atividades a recém-inaugurada Escola Municipal Itamar Guará, localizada no Residencial Itamar Guará onde hoje vivem mais de mil famílias.

O encontro com os representantes da VLI, conforme o prefeito Madeira foi satisfatório e dentro do que se esperava.  “Esperamos que a empresa além dos empregos estabeleça, de fato e de direito, parcerias que beneficiem principalmente a comunidade”, ressalta.

Para Madeira cada empresa que aqui vem se estabelecer é a esperança para centenas de profissionais das mais diversas áreas que estão no mercado à espera de uma oportunidade de trabalho.  “A implantação dessa oficina da VLI em Imperatriz significa que mais pais de família terão a chance de um emprego e que nossa cidade continua sendo viável. Que venham outros empreendimentos”, destacou o prefeito.

VLI- Conforme a analista de relacionamento Francília Cutrim é uma empresa criada pela Vale “para transportar, tudo menos minério”. A empresa, segundo ela, é organizada em forma de holding. A Vale é a maior acionista, com 36% das ações. As outras ações são divididas entre a Mitsui, FI- FGTS e Brookfild.

Segundo o analista Ambiental Jairo Carvalho, na verdade a empresa já opera nesse lado do País, inclusive, no transporte de celulose. “Aqui, somos responsáveis pela logística de Açailândia (MA) a Porto Nacional (TO)”, concluiu ressaltando que  o inicio das obras de construção da  oficina de locomotivas tem previsão para o próximo mês de Junho 

[Kayla Pachêco – ASCOM].