8/05/2015

Conferência da Assistência Social tem recorde de participação e garante boas propostas para etapa Estadual

Quase 400 pessoas ajudaram a consolidar propostas para a construção do Plano Decenal do SUAS de 2016/2026

Promovida pela Prefeitura de Imperatriz através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), a IX Conferência Municipal de Assistência Social bateu recorde de público de participação da sociedade civil organizada, entidades, governo e de agentes envolvidos nas políticas sociais. O evento encerrado ontem (04) foi realizado no auditório da Secretaria de Saúde e contou com a participação de autoridades como o Prefeito Sebastião Madeira, o Vice-Prefeito Luis Carlos Porto, a secretária de Desenvolvimento Social, Miriam Ribeiro e outras autoridades.

Com o tema geral: “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026” e o lema: “ Pacto Republicano no SUAS rumo a 2016: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”, a conferência foi palco de debates, discussões e apontamentos com o único objetivo de avaliar a situação atual da Assistência Social e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, em especial, os avanços do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

Para a presidente do CMAS, Karla Maysa Bringel, a IX conferência foi uma das melhores já realizadas, em razão da importante participação do público e dos resultados obtidos que proporcionarão grandes melhorias em âmbito social. 

Em resumo, a participação dos conferencistas resultou em 370 inscritos como convidados e 72 inscrições para delegados. Resultando, ao final, em cinco delegados do poder público e cinco da sociedade civil. Além de resgatar e avaliar o Plano Decenal de 2005/2015, os avanços dos últimos dez anos de SUAS, obtivemos boas propostas para a construção do Plano Decenal do SUAS de 2016/2026”, disse.

Dentre os debates ocorridos houve destaque para a exposição dos avanços das políticas sociais aplicadas no município de Imperatriz apresentadas pela secretária Miriam Ribeiro. Segundo ela, as conferências são espaços importantes para que à população em geral, sobretudo da área social tenham conhecimento das ações realizadas pelo poder público, o que foi aplicado das últimas diretrizes e os avanços a cada ano.

“Para quem acompanha as conferências nesses últimos 10 anos e que participou desta última, com certeza percebeu os grandes avanços ocorridos na assistência. Para falar a verdade, foi somente a partir da gestão do Prefeito Madeira que as políticas sociais passaram a existir, o que se tinha antes era assistencialismo. Hoje, nós trabalhamos de acordo com o SUAS, com profissionais capacitados”, afirmou Miriam.

Ela fez questão de assinalar que muito do trabalho realizado na cidade não depende somente do co-financiamento do Governo Federal e sim do investimento exclusivo da receita municipal. “Muitos dos programas, serviços e projetos desenvolvidos pela SEDES, como é o caso do Restaurante Popular, da manutenção dos abrigos, do Centro de Referência da Pessoa com Deficiência, do Programa Minha Casa, Minha Vida, dentre tantos outros serviços só são possíveis graças a sensibilidade do Prefeito Madeira que os mantêm total ou parcialmente com a receita municipal”, esclareceu.


Encerrada a conferência municipal os delegados agora se preparam para apresentar as propostas deliberadas na Conferência Estadual de Assistência Social que ocorrerá no mês de setembro, em São Luis. [Sara Ribeiro – ASCOM]