12/24/2013

Investimentos na Rede Municipal de Ensino garantem avanço em qualidade na Educação de Imperatriz






 “Em 2013 foram inúmeras conquistas contabilizadas por nossos alunos e profissionais”, comemora secretário


Em 2013, 44.675alunos estudaram nas 152 unidades escolares da rede municipal de ensino de Imperatriz, entre escolas e creches na zona urbana e rural, cursando a educação infantil, ensino fundamental regular e na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).
Zesiel Ribeiro, secretário municipal de educação, afirma que a procura por vagas na rede municipal de ensino tem aumentado desde 2009 devido à credibilidade creditada pela comunidade no sistema Municipal de ensino.
Em 2009, a rede municipal atendia 40212 alunos, hoje contabilizamos 44675; um aumento de mais de quatro mil novas matrículas. Este aumento é resultado dos avanços na educação municipal e do investimento que a Prefeitura de Imperatriz tem feito na melhora da infraestrutura da rede e na capacitação dos profissionais. Em 2009, por exemplo, 54 escolas atingiram ou superam as projeções do Ministério da Educação e, em 2012, foram 56 escolas. Ainda falando em números; em 2012, 52 alunos do município foram medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); este ano premiamos 75”. 

Zesiel explicou ainda que os investimentos e avanços envolvem programas e projetos que abrangem toda a rede, como:
·         Sistema de Ensino Projecta-Melhor Escola: O Setor de Educação Infantil junto com o Setor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Imperatriz oferece material pedagógico a partir da pré-escola, além de realizar Escola de Pais, Assessoria Pedagógica, Workshop e Plantões Pedagógicos. 



Comissão Municipal de Ciência e Tecnologia de Imperatriz (COMCITEC): A COMCITEC desenvolve formação continuada com professores e, acompanha alunos na elaboração de projetos científicos e participação em feiras. Recentemente acompanhou alunos das escolas Santos Dumont e Giovanni Zanni na Expociência Internacional do México. 
 
·         Programa Mais Educação: Atende, em 2013, 2.704 alunos distribuídos em 20 escolas municipais. Resultado da parceria entre Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Ministério da Educação (MEC), o Mais Educação desenvolve, em contra turno, atividades optativas nas áreas de: acompanhamento pedagógico, Meio ambiente, Esporte e lazer, Direitos Humanos, Cultura e artes, Cultura digital, Prevenção e promoção da saúde, Educomunicação e Educação científica. 


·         Programa Brasil Alfabetizado:Com o objetivo de diminuir o índice de analfabetismo em Imperatriz; a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) alfabetizou mais de três alunos através do Programa Brasil Alfabetizado que atende jovens e alunos a partir de 15 anos de idade desde 2009. Em 2013, são 800 alunos matriculados. 

·         Educação no campo: Realiza acompanhamento das unidades escolares através de: formação continuada, desenvolvimento de programas, assessoria pedagógica, distribuição de material didático e visitas técnicas. Um diferencial dos últimos anos é a formação continuada do Programa Escola Ativa que atendeu45 professores em 15 escolas da zona rural que possuem salas multiseriadas. 


·         Educação Inclusiva: Foram realizados cursos de formação continuada através do Setor de Inclusão e Atenção à Diversidade (SIADI) nas seguintes áreas: Atendimento Educacional Especializado (AEE), Libras e Braile, além de um curso específico para os professores que já atuam nas Salas de Recursos Multifuncionais (SRM). Este ano, 295 professores participam dos cursos. Além disso, em toda a rede municipal são 20 Salas de Recursos Multifuncionais (SRM) em funcionamento para realizar atendimento educacional especializado a alunos com deficiências e mais sete estão em processo de implantação. 

·         Instituto Ayrton Senna: ASecretaria Municipal de Educação (SEMED) desenvolve na rede municipal de ensino os programas do Instituto Ayrton Senna: Gestão Nota 10, com 95 gestores e 24 vice-gestores; Correção de Fluxo- Se Ligae Acelera Brasil, com 30 professores; e Circuito Campeão com 109 coordenadores pedagógicos com acompanhamento pedagógico e formação continuada.
·         Tecnologia aplicada à educação: No início de 2009, a Rede Municipal de Ensino possuía apenas 11 escolas equipadas com laboratórios de informática e 10 escolas com Mesas Educacionais do Sistema Positivo. Atualmente, em toda a rede contabilizam-se 86 laboratórios de informática montados na zona urbana e rural.        
·         Saúde e prevenção nas escolas: O Projeto Saúde e Prevenção nas escolas (SPE) realizou em 2013 o IV Concurso Literário da Prevenção com o tema: O que os adolescentes sabem sobre sexualidade? eprmeiou alunos das escolas: Presidente Costa e Silva, Marcehal Rondon e Santa Laura com: notebook (primeiro lugar), câmera fotográfica (segundo lugar) e kit escolar (terceiro lugar). 

·         PNAIC- Lançado em abril de 2013, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) é um programa integrado cujo objetivo é a alfabetização até o 3º Ano do Ensino Fundamental, de todas as crianças das escolas municipais e estaduais brasileiras. Este pacto é um acordo formal assumido pelo Governo Federal, estados, municípios e entidades para firmar o compromisso de alfabetização até, no máximo 8 anos de idade, ao final do ciclo de alfabetização. Na rede municipal de ensino de Imperatriz o programa funciona com 15 orientadores de estudo e 383 professores.
·       
  Educação de Jovens e Adultos (EJA):20 escolas em toda a rede municipal funcionam com turmas da EJA atendidas por uma equipe com cinco supervisores educacionais, dois assessores pedagógicos e 145 professores. 

·         FME: Em novembro deste ano; o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira e o secretário de educação, Zesiel Ribeiro; na presença de representantes da Sociedade Civil e do Poder Público; assinaram a Portaria n° 1591/ 2013 que institui o Fórum Municipal de Educação para elaboração do Plano Municipal de Educação do Município de Imperatriz.

Com metas a curto e longo prazo, ele explica o objetivo do plano:


A elaboração do Plano Municipal de Educação (PME) está previsto na Lei 10.172 de 9 de janeiro de 2001 que estabeleceu o Plano Nacional da Educação (PNE). É fundamental esclarecer que o PME não é um Plano do Sistema ou da Rede de Ensino do Município, mas um Plano de Educação do Município. Integrado ao Plano Estadual de Educação e ao Plano Nacional de Educação, sim, porém mais integrado, ainda, à realidade, à vocação e às políticas públicas do Município. A história, a geografia, a demografia do Município, e sua proposta de desenvolvimento é que determinam as metas e as estratégias de suas ações na educação escolar”. 

Reconhecimento - 

Para Domingos Bandeira, coordenador do Setor de Projetos Especiais da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), este é um momento histórico para a educação no município de Imperatriz. 

“Com a instituição do fórum, iremos elaborar o 2° Plano Municipal de Educação de Imperatriz. O Fórum Municipal de Educação será constituído de caráter permanente para discussão e proposição de ações em prol da educação durante dez anos. É através de ações como esta que mostramos que acreditamos na educação criando oportunidades”.

O secretário de educação ressaltou ainda que esta em andamento a construção de oito escolas previstas para serem entregues em 2014.
“Temos em andamento em Imperatriz a construção de seis escolas em parceria com o Governo Federal através do Ministério da Educação (MEC), modelo Pró-Infância e duas em parceria com o Governo do Estado do Maranhão. A previsão é que todas sejam entregues em 2014”, explicou Zesiel Ribeiro.