12/23/2013

Fundação Cultural promove e presta apoio às manifestações populares de forma abrangente em Imperatriz



  
Presidente da FCI faz resumo das ações realizadas na área da cultura em 2013
           
 “A Fundação Cultural de Imperatriz vem cumprindo fielmente seu compromisso de promover e apoiar as manifestações populares de nosso município e o prefeito Sebastião Madeira não tem medido esforços para apoiar as ações da Fundação”. A afirmação é do presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, Antonio Mariano Lucena Filho.
           
 De acordo com Lucena Filho, quando se conclui uma programação já se começa a trabalhar a próxima para que tudo possa acontecer dentro do que foi planejado. Ele exemplifica que um após as festas da virada do ano, já se inicia o planejamento do carnaval, geralmente no mês de fevereiro com a realização do festival de marchinhas e concurso de fantasia, entre outros detalhes.

            Findo o período carnavalesco coordenadores da FCI já começam a planejar as festividades juninas, com destaque para o concurso de quadrilhas juninas que concorrem a prêmios. A festa geralmente se realiza na quadra da Avenida Beira Rio, com a participação de dezenas de quadrilhas de todos os bairros da cidade.


            Outro destaque da quadra junina em 2013, como bem enfatiza Lucena Filho, diz respeito à denominada Casa de Reboco, que tem a iniciativa de resgatar o verdadeiro forró pé de serra, tendo como atrações principais a banda Farol de Milha e banda Xote Chique. A quadrilha junina também oferece oportunidade de apresentar à comunidade grupos de bumba-meu-boi, de cacuriá, lindô, entre outras manifestações culturais.

            Em parceria com a Assessoria de Comunicação – ASCOM e outras secretarias do governo do município, a Fundação Cultural de Imperatriz manteve a estrutura completa de palco, luz e som, nas atividades artísticas de 16 de julho, dia do aniversário da cidade. Este ano, o evento teve como atração principal a cantora paraibana Elba Ramalho.

            Outra inovação foi a programação voltada à comunidade jovem e às pessoas que costumam frequentar a Praia do cacau, que tiveram a oportunidade de receber o Cacau Pop Rock Festival realizado em três sábados do mês de agosto durante o período do veraneio. Os cantores e bandas musicais tiveram toda estrutura de palco, som e luz. Paralelo a esse evento, o festival de peixe da região valorizando a culinária e os barraqueiros.

            Após o período do veraneio a Fundação Cultural de Imperatriz promoveu a Conferência Municipal de Cultura, quando elegeu os delegados que participaram efetivamente da Conferência Estadual de Cultural. A cidade conseguiu eleger Lucena Filho (poder público) para a Conferência Nacional e dois suplentes: o escritor Domingos Cezar (sociedade civil) e o maestro Giovanni Pietrinni (poder público).


A FCI realizou ainda o evento musical “Tributo a Tropicália”, na Praça da união com a 
participação de artistas locais que fizeram uma releitura de clássicos desse importante movimento cultural do país. Nesse período, a Fundação Cultural teve fundamental participação do Salão do Livro de Imperatriz – SALIMP e na Feira do Empreendedor expondo quadros de artistas plásticos locais e fotógrafos de Imperatriz.

A Fundação teve ainda a participação direta na Feira das Artes de Imperatriz, com estrutura de som para os sete dias do evento. Também disponibilizou a estrutura de som para o Seminário Carajás 30 anos, bem como a estrutura completa de palco, som e luz para a programação de aniversário da Lagoa Verde. Da mesma forma para as duas edições do evento Misturado Alternativo promovido pelo Movimento Ocupação Bico da Agulha.

Arte & Cidadania nas Escolas - 



 Durante todo o ano letivo, todas as sextas-feiras, a Fundação Cultural de Imperatriz promove, em parceria com a Vara da Infância e da Juventude, Comissariado de Justiça e Academia Imperatrizense de Letras – AIL, o projeto Arte & Cidadania nas Escolas, sob a coordenação do poeta/cantador Zeca Tocantins e o juiz da Vara da Infância e Juventude, Delvan Tavares.

O projeto, de acordo com seu idealizador e coordenador, Zeca Tocantins, tem o objetivo principal de levar palestras de cidadania e ética para os alunos das escolas visitadas. Também leva a cultura, através da música, da poesia, da pintura, da fotografia, das artes cênicas. “Em contrapartida recebemos dos alunos apresentações culturais de um nível tão alto, que nos incentiva na execução desse projeto”.

A última edição do projeto Arte & Cidadania nas Escolas neste ano letivo aconteceu na primeira sexta-feira de dezembro no Centro de Ensino Barjonas Lobão (CAIC), localizado no bairro Santa Rita. O projeto já ultrapassou fronteiras, tendo chegado ao município de Governador Edison Lobão e no município de São Miguel do Tocantins (TO), no distrito de Bela Vista.

Programação de natal – 


 Esse ano a programação de natal da FCI traz o ‘Auto de natal’, encenado por 30 atores e atrizes da Companhia de teatro Dez Mandamentos com realização de cinco espetáculos em praças do Centro e bairros.

Além da encenação do nascimento de Jesus, desde o ultimo domingo a Banda Xaxado pé de Serra anima as noites da comunidade com canções natalinas cantadas em ritmo e forró pé de serra em 21 apresentações na rodoviária, no aeroporto e em instituições filantrópicas. 

Réveillon –

 Em parceria com o Governo do Estado o réveillon de Imperatriz mais uma será realizado na Avenida Beira Rio com oito horas de shows de artistas locais e uma atração nacional, a banda de forró Mastruz com Leite. “Trabalhamos os doze meses do ano para proporcionar à população eventos que valorizem a nossa cultura e nos sentimos honrados em ver a aceitação do público a evento realizado”, finaliza Lucena Filho.