3/13/2014

MP apura queixa de irregularidade no serviço de água e esgoto no Conjunto Itamar Guará


Da assessoria

Na manhã de ontem, 12, o Promotor do Consumidor de Imperatriz, Sandro Bíscaro, se reuniu com o Diretor de Operações da CAEMA, Cristovam Dervalmar Teixeira, Coordenador Comercial da CAEMA, Francisco Ferreira Feitosa, presidente e secretária da Associação de Moradores do Conjunto Itamar Guará, Antônio Rodrigues da Silva e Francisca Barroso da Silva para debater a situação denunciada pelos moradores do bairro a respeito de elevadas faturas cobradas nos últimos meses.

A representação foi feita pelo Presidente da Associação no dia 14 de fevereiro desse ano. Antônio Rodrigues afirmou que foi surpreendido com faturas de água contendo valores superiores a R$ 100,00 e alguns chegando a R$ 157,68. Para o morador, o valor é exorbitante levando em consideração a dimensão das casas e o consumo modesto dos moradores.

Após a denúncia, a Promotoria do Consumidor convocou uma audiência no mesmo mês, e representantes da Caema compareceram para prestar esclarecimentos. O Diretor de Operações informou que existe uma estação de tratamento de esgoto no bairro e que pode ter ocorrido vazamento em alguns pontos devido ao elevado volume de chuvas nos últimos dias. A companhia realizou inspeção em 162 residências com consumo registrado acima de 20m³, em apenas três residências foi constatado vazamento, nas demais a leitura está correta.  

Na reunião, a Caema se comprometeu em distribuir informativos educacionais acerca do consumo equilibrado da água a fim de evitar o desperdício e a oneração excessiva. Vai encaminhar também relatório informando o problema técnico da estação de tratamento até o dia 18 de março, assim como a cópia do requerimento endereçado à construtora NBR, responsável pelo residencial.

 “A reunião foi mais do que produtiva. Nós moradores, estamos lutando pra que nosso bairro tenha melhores condições pra viver” afirma o presidente da associação de moradores do bairro Itamar Guará.