4/17/2015

“Precisamos estabelecer uma política agrícola e agrária dentro das perspectivas ambientais”, afirma Madeira


            O prefeito Sebastião Madeira ministrou uma verdadeira palestra de caráter ambiental pregando aos produtores a necessidade de se aumentar a produção, mas sem agredir ao meio ambiente. “O produtor tem que administrar as questões ambientais, pois o único planeta que nos permite a vida é a terra, razão porque temos que cuidar dela”, orientou.

            De acordo com Madeira a China por não ter tido esse cuidado paga hoje um preço muito alto, uma vez que existem cidades naquele populoso país que as pessoas precisam usar máscaras, pois tão elevado é o nível de poluição. “Portanto, precisamos produzir e melhorar a qualidade de nossa produção, porém com responsabilidade, respeitando as leis ambientais”.

            “É muito importante a realização desse evento, que orienta os produtores sobre a questão do desmatamento, pois tenho convicção que, se desmatamos dentro da lei, do que estabelece o Código Florestal, vamos continuar produzindo”, afirmou Sebastião Madeira, alertando que, caso se faça o contrário, as novas gerações receberão uma péssima herança.

            “Precisamos estabelecer uma política agrícola e agrária dentro das perspectivas ambientais, para que possamos produzir com eficiência, sem degradar a terra, sem destruir o meio ambiente que vivemos”, elogiando as entidades como a FAEMA, o SINRURAL e SENAR, que em parceria com a Prefeitura de Imperatriz promovem essa ação em benefício da classe produtora rural.

            Investimentos 



O prefeito Sebastião Madeira fez questão de anunciar aos produtores rurais, que no dia anterior fez uma visita técnica ao canteiro da empresa Valor da Logística Integrada – VLI, para conhecer o projeto de instalação do pátio de manobra, da oficina de manutenção e posto de abastecimento da empresa que vai investir R$ 107 milhões na obra, além de oferecer dezenas de empregos.

            Ele revelou também que outra grande empresa de manutenção vai se instalar na cidade, a loja Casas Bahia deve se instalar nos próximos meses na Avenida Getúlio Vargas, e uma fábrica de papel, de Belém, já está procurando uma área para se instalar em Imperatriz. “Enquanto o Brasil vive uma série crise política e econômica, nosso município vive um momento de atrair médios e grandes investidores”, concluiu Madeira.

            Após manter pela manhã, o encontro com os produtores rurais no auditório Juca Machado, no Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva, o prefeito de Imperatriz viajou para São Luis, onde no período da tarde, no Palácio dos Leões, Sebastião Madeira manteve mais uma audiência com o governador Flávio Dino.

             O chefe do executivo municipal foi tratar com o chefe do executivo estadual, sobre a instalação de uma grande empresa imperatriz – Call Center – que prestará serviços para a toda esta região e ofertará centenas de empregos. Tanto Sebastião madeira, quanto o governador Flávio Dino já vem mantendo conversação com os executivos da empresa. (Domingos Cezar)