7/13/2015

Projeto "Bairro Empreendedor" será lançado nesta segunda-feira (13)


Iniciativa pretende formalizar pequenos empreendimentos da cidade.
Como parte da programação comemorativa dos 163 anos de Imperatriz a Prefeitura lançará nesta segunda-feira (13) a primeira edição do projeto ‘Bairro empreendedor’ a partir das 19h, na Escola Municipal Eliza Nunes, no bairro Bonsucesso.
Desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), que já desenvolve a Sala do empreendedor, o projeto visa incentivar a formalização de pequenos empreendimentos em Imperatriz.
Benedita Gonçalves, coordenadora da Sala do Empreendedor, explica que o projeto conta como parceiros o Sebrae-MA (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e secretarias municipais que atuam direta e indiretamente para que o micro-empreendedor individual na cidade contribua para o desenvolvimento econômico local.
A estimativa é que o Município tenha aproximadamente sete mil micro-empreendedores em atividade na cidade. “Nossos registros contabilizam seis mil oitocentos e oitenta e cinco micro-empreendedores individuais cadastrados que geram em torno de R$ 779.287,75 de receita/ano para o Município”, detalha Dita Gonçalves.
“Observa-se que além de cumprir o que determina a Lei Complementar nº 123 que institui a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, estamos fortalecendo a economia local com o recolhimento regular de tributos como o ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), Alvarás de Funcionamento e outros”, explica o secretário Sabino Costa (Sedec).
Ele ressalta ainda que o projeto visa mapear os bairros buscando identificar suas potencialidades; conscientizar através de palestras a importância da formalização; desenvolver estratégias de ações para acompanhar os novos empreendimentos e intensificar a divulgação nos bairros da Sala do Empreendedor.
SALA DO EMPREENDEDOR
A Sala do Empreendedor é um espaço físico da prefeitura municipal que materializa a simplificação dos processos de abertura, baixa e funcionamento das empresas, pois é um local onde os empresários podem ter informações e solucionar problemas relativos a seus processos.

“A missão da Sala do Empreendedor deve estar atrelada à simplificação de processos e à facilitação do dia a dia do empreendedor nos órgãos públicos municipais, garantindo atendimento ágil e de qualidade”, finaliza. [Gil Carvalho – ASCOM]