2/18/2016

II Semana do Bebê começa em Imperatriz priorizando atendimento em saúde



A Prefeitura de Imperatriz iniciou esta semana  a II Semana do Bebê, que ocorre de 15 a 19 de fevereiro de 2016. Com o tema: “Amar a criança é proteger o futuro”, o evento foi realizado na Unidade Básica de Saúde da Vila Cafeteira e contou com a participação de vários convidados, inclusive de convidadas especiais: mulheres gestantes e lactantes; parte do público alvo da atividade.

Com a Semana do Bebê “serão priorizados atendimentos em saúde através dos cuidados com a gestante e com o bebê, o incentivo ao aleitamento materno, incentivo a imunização colocando as vacinas em dia, além dos cuidados com o pré-natal e com a saúde bucal. Com esses cuidados também temos a intenção de evitar a mortalidade infantil e mortalidade materna”, explicou a coordenadora do Programa Saúde da Criança e do Adolescente, Valéria Moreira.

Na oportunidade, a coordenação da campanha empossou a “bebê prefeito”, que recebeu diploma, faixa prefeital e a chave da cidade. Uma premiação simbólica ao bebê que teve todos os cuidados básicos em saúde providenciados pela mãe e que são disponibilizados pelo poder público. O bebê prefeito recebeu ainda um kit natalidade.

“Para meu filho ser eleito bebê prefeito tive que cumprir uma série de requisitos, desde o pré-natal, carteira de vacina em dias, e estar alimentando-o somente com a amamentação. Como sempre tive esse conceito de que a amamentação é o ideal e que cumpri todos os requisitos, deu para participar e meu filho ser premiado”, relatou a felizarda Flávia de Sousa, genitora do bebê prefeito.  

Em discurso, o prefeito Sebastião Madeira, falou sobre a importância da Semana do Bebê e destacou a forma como a gestão cuida e acolhe as crianças.
“Essa Semana é muito importante, porque Imperatriz participa da seleção nacional do selo unicef e o município que ganha esse selo significa que dá prioridade a criança. E quem prioriza a criança, prioriza a família e prioriza as mães. E isso, nós de Imperatriz fazemos. Mesmo aquelas crianças que foram desprezadas pelas famílias, o município toma conta delas lá na Casa da Criança, quem visitar o abrigo perceberá como as crianças são bem cuidadas”, garantiu Madeira.

Miriam Ribeiro, secretária de Desenvolvimento Social, afirmou que com esse tipo de ação, o governo mostra que se importa com as pessoas da cidade, sobretudo daqueles que são o nosso futuro. “As crianças são o futuro da cidade e para que sejam adultos saudáveis, temos que cuidar da saúde e priorizá-la”, disse Miriam.


Nesta edição, a programação ofertada consiste em: palestras, atendimento odontológico, imunização com atualização das vacinas tanto para as crianças, como gestantes, alimentação complementar, consultas com médicos e nutricionistas, minicursos e atividades lúdicas. Tais atividades serão distribuídas entre as unidades básicas de saúde, os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), nas escolas municipais e pró-infância.