4/13/2016

Aulas de ginástica gratuita na Academia da Saúde da Beira melhoram a qualidade de vida dos imperatrizenses


Entre as modalidades de destaque está o exercício de fortalecimento de músculos

Com foco no fortalecimento de coluna, a atividade da Academia da Saúde inova com a prática.  A nova modalidade é realizada todas as terças feiras e já ganhou adeptas de todas as idades que procuram a Academia em busca de saúde. Segundo a professora da nova modalidade, Shirlene Vieira, fortalecer a coluna é fundamental para melhorar a postura e prevenir lesões e dores. “Essa atividade tem atraído um grande público que se tornou freqüentador assíduo da Academia da Saúde – Pólo Beira Rio”, afirma a fisioterapeuta.           
Em um clima bem descontraído, todas as tardes de terça-feira um grupo de aproximadamente 50 mulheres se reúnem na Academia para participar dos exercícios para fortalecimento de músculos. A Enfermeira aposentada Maria do Socorro é uma das integrantes dessa turma, e fala dos benefícios que essa prática lhe tem trazido. “Eu sentia muitas dores de coluna, e depois que comecei a participar dessa atividade aqui da Academia, eu melhorei muito, minhas dores sumiram, e me sinto bem melhor, até pra dormir!”, comenta a simpática senhora que afirma não perder um dia de atividade.
     Além dessa modalidade, ela participa ainda da aeróbica, dança, alongamentos e caminhada supervisionada, que pra ela tem melhorado substancialmente seu dia a dia. Outra participante ativa é a dona de casa Maria do Socorro Silva que tem aproveitado bem as atividades, pois segundo ela, a Academia da Saúde representa a oportunidade que ela nunca teve de praticar exercícios físicos na companhia de um profissional, por falta de condições financeiras.
“Quando eu soube que ia abrir a academia da Saúde, fiquei muito alegre, porque logo pensei: é minha oportunidade de fazer academia, já que a academia particular só pode participar quem tem dinheiro, né!. Desde quando eu comecei, há pouco mais de um ano, tenho me sentido muito bem, tenho 57 anos e me sinto como uma jovem de 20 ou 30 anos. Eu gosto demais daqui, o atendimento é excelente, aqui faço os exercício e todas as minhas avaliações”, ressalta Maria do Socorro.
Academia da Saúde desenvolve um programa voltado para saúde do imperatrizense. Do amanhecer ao entardecer a Academia da Saúde pólo beira torna-se palco das principais práticas esportivas da cidade. Desde quando foi implantada em 2013, a academia tem sido uma das principais opções de espaço para realização de exercícios físicos em Imperatriz.  As aulas são sempre lotadas por dezenas de pessoas que não perdem o ritmo na corrida pela vida saudável. Nas aulas conversando com algumas pessoas é possível perceber que o interesse dos participantes é sempre o mesmo – ter uma vida saudável.
Vale ressaltar que a partir das conversas com usuários da Academia, concluímos que a Academia da Saúde surge em Imperatriz como uma oportunidade para as pessoas readequarem seu estilo de vida trocando o sedentarismo por atividades físicas programadas. E isso vem beneficiando idosos, jovens, adultos e crianças que utilizam o espaço sob a orientação dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.
Voltada para promoção da saúde por meio de atividades físicas e educativas, o programa atende centenas de pessoas que são acompanhadas em diversas atividades diariamente. Na academia, as pessoas que buscam manter uma vida mais saudável encontram o auxílio necessário no que se fere a orientação e acompanhamento dos exercícios.
Programa Academia da Saúde - É uma estratégia para estimular o aumento da prática de atividade física na população. A iniciativa prevê ainda, disponibilizar nestes ambientes, profissionais qualificados para a orientação de práticas corporais, atividades físicas, lazer e modos de vida saudáveis. Conceição Madeira, Secretária de Saúde, informa que o objetivo principal dessa estratégia é melhorar a qualidade de vida da população.  “Investir em ações como essas é garantir avanços na qualidade da saúde do cidadão, e ao mesmo tempo a garantia de economizar gastos futuramente, com consultas, medicamentos e internações”, ressalta.
Maria Almeida [ASCOM]