5/26/2016

CARTÃO POSTAL : Avenida Pastor Luis de França e Ponte Dom Affonso Felippe Gregory ganham iluminação artística moderna


A tecnologia das novas luminárias representa o que há demais moderno em termos de iluminação pública

A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) realizou no início da noite de ontem a solenidade de inauguração das novas luminárias da Avenida Pastor Luis de França e da iluminação artística da Ponte Dom Affonso Felippe Gregory. Na Avenida Pastor Luis de França foi instalada lâmpadas de vapor de sódio de alta pressão, e na ponte Dom Affonso Felipe Gregory, além da iluminação branca de vapor metálico foram instalada iluminação artística com diversas cores diferentes.

Participaram da cerimônia de inauguração o prefeito Sebastião Madeira, o secretário de infraestrutura Roberto Vasconcelos Alencar, secretários municipais, servidores e público civil.
Em discurso, o prefeito Sebastião Madeira, agradeceu ao empenho trabalho e parceria de todas as pessoas envolvidas nesta grande realização: “todos que nos ajudaram na concretização deste cartão postal da cidade deixam aqui sua marca de trabalho e perseverança. Avenida iluminada e a ponte agora com estas luzes de ultima geração, com um sistema inovador. Agora tanto as pessoas daqui como os viajantes, a noite, terão muito mais segurança e um belíssimo cenário ao passarem. É um dos legados que deixaremos da nossa administração”.

Para o secretário de infraestrutura, Roberto Alencar, com essa obra, o prefeito Madeira dará início a mais um ciclo de inovação, proporcionando mais qualidade de vida aos imperatrizenses, ampliando e elevando a beleza e a segurança para quem trafega pela Avenida.

“O projeto contribuirá para o embelezamento artístico da cidade, pois dará mais segurança a população e seus visitantes, garantindo assim um novo aspecto noturno, além de segurança para quem trafega a noite pelo local”, disse o secretário.

O sistema de iluminação da ponte é controlado por um software implantado que informa ao controlador a cor artística desejada, cujas cores diferentes serão usadas em campanhas, festividades e datas comemorativas. O projeto foi orçado em R$ 3,6 milhões, investimentos provenientes da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), taxa arrecadada pelo município nas faturas de fornecimento de energia elétrica.  

Francisco Lima [ASCOM]