5/22/2015

‘Avenida da praia’ ganha acabamento, meio fio e sarjeta



Pavimentado pela Prefeitura acesso à praia do Cacau beneficia banhistas, barraqueiros e moradores daquela  região
Kayla Pacheco -
Após receber pavimentação, a Avenida Ribamar Fiquene, conhecida como estrada de acesso à Praia do Cacau, ganha seus retoques finais com a construção de sarjetas e meio fios em toda a extensão da via. A obra, fruto de indicação do então deputado federal Chiquinho Escórcio e executada pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) foi realizada com recursos do Governo Federal em contrapartida com o Tesouro Municipal,
Além de facilitar o acesso à praia atraindo milhares de banhistas em período de veraneio, a obra que totaliza mais dois quilômetros de asfalto, beneficia diariamente dezenas de famílias que residem nas imediações da ponte sobre o Rio Tocantins. Acompanhado do titular da Sinfra, Roberto Alencar, o prefeito Sebastião Madeira, fez mais uma vistoria na realização dos serviços na manhã de ontem e verificou in loco que o trabalho está quase concluído.

“Esse acesso à praia do Cacau é uma reivindicação antiga das comunidades que aqui residem e trabalham. Então de acordo com as possibilidades do Município trabalhamos e buscamos apoio para a pavimentação da via que hoje está interliga com a Rua Dom Pedro II, um corredor direto entre a ponte Dom Fellipe Gregory e o centro de Imperatriz”, ressaltou o prefeito.
Segundo o secretário Roberto Alencar, a avenida já está sendo utilizada como via de acesso rápido a um dos cartões postais de Imperatriz. “Após ser asfaltada, e receber meio-fio e sarjeta, realizaremos ainda a sinalização vertical e horizontal assim como em todas as vias pavimentadas e revitalizadas pela gestão Madeira”, disse.
São Salvador – As ruas do Bairro São Salvador, na região do Grande Bacuri, pavimentadas em parceria com o Governo do Estado, também estão sendo finalizadas com a drenagem superficial.

Depois de visitar o acesso à praia o prefeito Madeira também vistoriou a construção de meio-fios e sarjetas da Rua Vilela no São Salvador, um dos bairros totalmente pavimentados de Imperatriz. 
(ASCOM) 

Formatura do Brasil Alfabetizado é marcada por muita emoção



Luana Barros

Para Zesiel Ribeiro, “além do aprendizado da leitura alunos conquistam independência e cidadania”

Para começar a cerimônia de formatura do Programa Brasil Alfabetizado (BRALFA), de responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), a Companhia Reviver da Associação Pró-Idoso emocionou os presentes com uma apresentação musical. Ao todo, 600 alunos concluíram na última quarta-feira (20 de maio), a etapa 2013-2014 do programa.

Letícia Silva Alves, coordenadora local do BRALFA, declara que desde 2009 já foram alfabetizados quase cinco mil alunos: “O Brasil Alfabetizado é voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos e se torna efetivamente uma porta de acesso à cidadania  e o despertar do interesse pela elevação da escolaridade. Desde 2009, foram alfabetizados 4.924 alunos”.

Emocionado, o aluno Valdeny Batista de França afirmou que a educação é uma porta de acesso a uma vida melhor: “É muito bom trabalhar mas o estudo é melhor. Eu acredito que na vida conseguimos algo com trabalho e com esforço mas se não tivermos estudo não teremos conhecimento e sem ele o homem não enxerga para onde vai”.
Zesiel Ribeiro, secretário de educação, revela a satisfação de participar de mais uma formatura do BRALFA e afirma que além do aprendizado da leitura esses alunos conquistam sua independência e cidadania:
“É uma alegria para nós participarmos de um momento como este. Olhando para o rosto de cada aluno vemos pessoas que deram um importante passo em direção ao conhecimento. Todos os alunos estão de parabéns por essa conquista. Parabenizo a equipe que coordena este programa em Imperatriz e aos alfabetizadores voluntários que buscam os alunos em suas casas para formar turmas e os motivam a não desistir. Aqui em Imperatriz, a Secretaria Municipal de Educação dá todo o suporte para realização das ações deste programa porque eu acredito que é possível erradicar o analfabetismo em todo o nosso país; basta apenas que o governo queira e que desenvolva um trabalho sério, como este do Brasil Alfabetizado em Imperatriz”.
 “Que bom que participamos de um momento tão importante que irá marcar a história de todos nós. Imagino que há oito meses quando começaram as aulas do Brasil Alfabetizado alguns alunos estavam desanimados e outros quem sabe com muita alegria, como uma oportunidade. O certo é que todos os alunos agora podem olhar para trás e vê que sem o domínio da leitura e da escrita não era um cidadão completo e hoje todos os 600 alunos que receberam o certificado de conclusão do Programa Brasil Alfabetizado são cidadãos completos e é isto que enaltece uma cidade, um povo e uma nação, é o conhecimento. Pois é o conhecimento que levanta uma sociedade”. Pastor Porto, vice-prefeito de Imperatriz

Objetivo - “O Programa Brasil Alfabetizado tem o objetivo de promover a superação do analfabetismo entre jovens com 15 anos ou mais, adultos e idosos e contribuir para a universalização do ensino fundamental no Brasil. Sua concepção reconhece a educação como direito humano e a oferta pública da alfabetização como porta de entrada para a educação e a escolarização das pessoas ao longo de toda a vida”.
ASCOM