12/14/2012

Homenagens e lançamentos de livros marcam a quinta-feira.



A  Câmara Municipal entrou de recesso ontem, 13, com  uma sessão solene  que concedeu a vários munícipes uma  das honrarias  concedidas por aquela casa a pessoas que por um motivo ou outro ao longo dos anos tenham prestado relevantes serviços para a sociedade imperatrizense.


Ontem, com a presença de diversas autoridades, entre elas o  sempre presente prefeito Sebastião Madeira,  foi entregue a MEDALHA DO MÉRITO LEGISLATIVO, BARÃO DE COROATÁ.

Entre os homenageados a chefe do cerimonial da Prefeitura Zilda Reis,  o controlador geral do município Cândido Madeira, o professor José Geraldo da Costa,  membro da Academia Imperatrizense de Letras  e a médica Eliane Costa.

Quase sempre anônimos, mas com uma longa folha de serviço, gente simples como os cinegrafistas Irmão e Japão, pioneiros no jornalismo policial da cidade, também foram homenageados e o também repórter cinematogáfico Emerson Giovani 

DESPEDIDA.

Foi o ultima solenidade  promovida pela Câmara Municipal desta legislatura   da qual participaram  os vereadores Zé do Créia, Alberto Sousa, Chagão, Sanches, que não conseguiram se reeleger.

A última também do vereador JOEL GOMES COSTA, que não concorreu à reeleição e que se  despede daquela casa depois de 24 anos como vereador.

Numa rápida fala o prefeito Madeira ressaltou a importância do evento. Agradeceu, mais uma vez, o apoio e a parceria havidas em Imperatriz entre o Executivo e Legislativo e  fez uma saudação especial aos vereadores que estavam ali no  seu último ato solene da casa.

Livros


Outro momento importante da noite de quinta-feira foi  na Academia Imperatrizense de Letras (AIL) que encerrou suas atividades de 2012  com o lançamento de três livros importantes para  a cidade.


A reedição de EU, Imperatriz, o primeiro livro  lançado em Imperatriz na década de 70 do século passado, de autoria  da  professora e acadêmica ( já falecida) Edelvira  Marques; Jurivê Macedo: Mestre da Crônica Jornalística, que reúne textos do saudoso jornalista que por décadas pontificou no jornalismo maranhense,  e  Coletânea: contos, crônicas, poesias, que reúne textos de acadêmicos e outros autores locais.


Convidado, o prefeito Madeira  também se fez presente neste forte,  e emotivo  evento cultural.