2/06/2013

Madeira defende parcerias na reabertura das atividades da Câmara Municipal



Como tem feito todos os anos, desde que assumiu o comando da Prefeitura de Imperatriz, o prefeito Madeira participou do  reinicio das atividades da Câmara Municipal com  quem tem mantido uma excelente relação institucional.

A Câmara  retomou suas atividades nesta terça-feira, às  9 horas da manhã,  numa sessão solene  sob a presidência do vereador Hamilton Miranda; agora não com 13 vereadores, mas com 21, entre eles alguns  estreantes como os professores Marco Aurélio , Carlos Hermes e Caetana Frazão, o  apresentador Fidelis Uchoa, o líder comunitário Enoc Serafim e o bispo Eudes, da  Comunidade Evangélica Nova Vida.

Sobre  sua relação com a nova Câmara o prefeito declarou recetemente:

“O  Executivo, o Judiciário e o Legislativo, são órgãos do Estado considerados independentes e harmônicos. Na condição de líder de um desses poderes tenho seguido à risca esse dispositivo da nossa democracia.

A Câmara tem feito com denodo seu trabalho, e nós o nosso.  A relação tem sido de respeito mútuo,  e com isso a cidade tem se beneficiado bastante” 

Prestando contas


Em discurso  na tribuna Freitas Filho, destacou que o povo de Imperatriz espera que nesses próximos quatro anos muitos trabalhos possam ser realizados, principalmente nos setores da infraestrutura, da educação e da saúde pública.

“Esse crescimento traz como contrapartida problemas complexos que precisam de soluções, pois faço esse desafio à câmara para que juntos (Executivo/Legislativo) possamos responder aos desafios dessa cidade”, disse.
Ele também considera um desafio os investimentos na área social, cuja finalidade é oferecer uma melhor qualidade de vida a comunidade carente de Imperatriz. O prefeito anunciou, sob aplausos da população, a entrega – em breve -- de duas mil e quinhentas casas populares. “Em construção temos mais cinco mil unidades habitacionais; em fase de elaboração para que sejam cumpridas etapas para assinatura de contrato mais três mil casas”, contou.

O prefeito Madeira estima que nos próximos 30 meses serão ofertadas 10.500 unidades habitacionais em Imperatriz. “Esse é o maior programa habitacional da história de Imperatriz”, garante ele, ao explicar que o projeto beneficiará milhares de famílias carentes que vivem em condições insalubres ou que ainda não possuem um imóvel.

Ele sustenta que na área social existem vários outros projetos que estão sendo executados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), resultando na melhoria da qualidade de vida da população carente de Imperatriz.