3/06/2013

REVITALIZAÇÃO DA BEIRA RIO SERÁ RETOMADA NO FINAL DE ABRIL, INFORMA MADEIRA



Espaço vai ganhar uma “Academia da Saúde” que já começa a ser construída este mês


O prefeito Madeira anunciou ontem  pela manhã  que  no final do mês de Abril será retomado o  projeto de revitalização da Avenida Beira Rio. 

Segundo  ele  a readequação do projeto  foi aprovada pelo Governo Federal e finalmente a Prefeitura poderá retomar a revitalização do “maior e mais bonito cartão postal da cidade.

A novidade anunciada ontem pelo prefeito é que  ao projeto será agregada a construção de uma versão ampliada  de uma  “Academia da Saúde” em parceria com o Governo Federal.   

A Academia da Saúde da Beira  vai funcionar numa área de mais de 300 metros quadrados,  e segundo explicou  o secretário Roberto Alencar,  terá  além dos aparelhos para a prática de atividades físicas ao ar livre, uma área ( construída) de vivência com estrutura para atividades não necessariamente esportiva, mas recreativas.

“Os idosos, ou não idosos, poderão se encontrar aqui  para jogar dominó, dama ou  outras atividades do gênero” explicou Alencar.

Na visita à Beira Rio ontem pela manhã o prefeito Madeira explicou que  na escolha do local da Academia da Saúde, foi levada em conta o não comprometimento do projeto original  da Beira Rio.

“Esse aparelho público é importante porque terá influência direta na vida daquelas pessoas que gosta de se exercitar ao ar livre”   comentou o prefeito que aproveitou para informar que uma Academia da Saúde, também na versão ampliada, será construída  na  área do antigo Centro Esportivo Barjona Lobão.

Academia da  Saúde ?



O Programa Academia da Saúde, criado pelo Governo Federal em 2011,  tem como principal objetivo contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrtura, equipamentos e quando de pessoal qualificado para orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

Os polos desse programa  são definidos pelo Ministério da Saúde,  como espaços para o desenvolvimento de atividades como orientação para a prática de atividade física, promoção de atividades de segurança alimentar e nutricional   e de educação alimentar além de prática artística e cultural.
Versões intermédiárias

Além das versões ampliadas da  Academia da  Saúde,  da Beira Rio e do Fiqueninho,  o deputado federal Davi Jr,  conseguiu junto ao Ministério da  Saúde, versões intermediárias que serão feitas pela Prefeitura na Praça União, no bairro Santa Inês, na Vilinha, Parque Alvorada II, Aeroporto, Caema, Nova Vitória, Recanto Universitário e Parque do Buriti.