10/09/2013

Bares e lanchonetes serão vistoriados pela Defesa Civil


Depois de realizar o trabalho de vistoria em boates e casas de shows, a Superintendência Municipal da Defesa Civil informou à reportagem que irá deflagrar operação para fiscalizar o funcionamento de bares e lanchonetes em Imperatriz.

De acordo com o coordenador Francisco das Chagas Silva (Defesa Civil), o Chico do Planalto, o trabalho será realizado em parceria com os agentes da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Sepluma), Vigilância Sanitária e do 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros (3º GBM), sediado em Imperatriz.

“Esse trabalho é para garantir a segurança dos consumidores, pois entendemos que é preciso oferecer o mínimo de segurança durante o período em que a pessoa estiver nestes estabelecimentos comerciais”, disse ele, ao esclarecer que o objetivo do trabalho não é de perseguir nenhum segmento comercial, nem tampouco fechar boate, casa de evento ou bar.

O chefe da Defesa Civil reitera que o objetivo do trabalho de vistoria é exigir o cumprimento da legislação, atualização da documentação e os itens de segurança, em conformidade com a lei.

Ribeirinhos - Chico do Planalto anunciou que a partir de 15 de novembro, o órgão começará a realizar um levantamento da área ribeirinha, principalmente os bairros que anualmente são ameaçados pela enchente do rio Tocantins. “Nós realizaremos um recadastramento das famílias ribeirinhas para atualização do banco de dados da Defesa Civil. A meta é fazemos um verdadeiro raio-x”, disse.


Ele argumenta que esse levantamento é considerado de suma importância e servirá para montar uma estratégia para elaborar o plano de ação, caso seja necessário durante o período invernoso desse ano. “Nós queremos agir de maneira preventiva, monitorando o nível do rio Tocantins e os pontos de alagamento”, conclui.