10/21/2013

Definida nova mesa diretora do Conselho Municipal de Saúde


Em plenária votada na última quinta feira (17), foi eleita a nova mesa diretora para o biênio 2013/2014 do Conselho Municipal de Saúde de Imperatriz. a nova mesa tem a seguinte composição: João Assunção Martins (Joca) – presidente; José Alves Costa – Vice presidente; Robson Sousa Silva – 1º Secretário e Josenólia Araújo Almeida – 2º Secretária.

Os conselheiros de saúde eleitos para mandatos de dois anos tomaram posse no último dia 09 e esta foi a primeira reunião da nova base. Após definição da mesa diretora foi dado início aos trabalhos e na oportunidade já foi aprovado o Plano de contingência do combate a dengue.

Segundo novo presidente João Martins, foi aprovado também nesta reunião os calendários 2013 (novembro e dezembro) e 2014 das reuniões ordinárias do conselho que ocorrerá toda 2º quinta feira do mês, sendo aberta a comunidade. “As extraordinárias serão realizadas a depender das demandas”, ressalta João Martins.

Ele informa ainda que foi criada nesta reunião, as comissões do Conselho: CIST – Comissão Intergestora Saúde do Trabalhador; Acompanhamento da Rede Hospitalar; Acompanhamento da rede de postos dos serviços públicos e privados; Licitação e Contratos; Orçamento e fiscalização.

João Martins ressaltou em reunião que o Conselho Municipal de Imperatriz está aberto a críticas, denúncias e sugestões. “Quem tiver interesse, deve nos procurar aqui na Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Avenida Dorgival Pinheiro de Souza, de segunda a sexta das 14h ás 18h”, afirma o presidente.

Ele destacou ainda que o conselho é de grande importância para o funcionamento da saúde de Imperatriz, “porque sem ele a saúde não funciona. O conselho é o controle social da saúde, é ele que fiscaliza, dar parecer e sugestões”, explicou ressaltando que por isso é importante a participação de todas as entidades.

CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE IMPERATRIZ -


Foi instituído sob a Lei nº 644/91 de 1º de novembro de 1991 e consolidada pela Lei nº 1.272 de 18 de novembro de 2008. Sua composição 50% de entidades de usuários; 25% de entidades de trabalhador de saúde e 25% de representação do governo, de prestadores de serviços privados -conveniados ou sem fins lucrativos.

Os Conselhos Municipais de Saúde são órgãos permanentes e deliberativos com representantes do Governo, dos prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários. Atuam na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros.