2/20/2014

Prefeitura concentra equipes da infraestrutura na recuperação dos estragos provocados pela chuva do dia 15 de Fevereiro


Trezentos homens trabalham na limpeza de bocas de lobo, riachos e operação tapa-buracos.

Depois de mapear os pontos mais atingidos pela chuva do último final de semana, o prefeito Sebastião Madeira determinou às secretarias da Infraestrutura, Saúde, Desenvolvimento Social e Superintendência da Defesa Civil, que concentrem todos os esforços no atendimento às famílias atingidas pela enchente e na recuperação da cidade.

Desde a segunda-feira (17) trezentos homens atuam simultaneamente nas frentes de limpeza e recuperação da malha asfáltica em diversas regiões da cidade. Conforme informa o titular da SINFRA, Roberto Alencar, divididos em doze equipes, esses trabalhadores realizam uma força-tarefa para sanar os principais problemas nas vias mais movimentadas e áreas consideradas de risco.

“Estamos trabalhando juntamente com a Defesa Civil para, além de garantir auxílio às famílias vítimas da enchente, realizar com agilidade avaliação dos danos para recuperação das áreas afetadas e acelerar o processo de recuperação desses pontos”, explica ao ressaltar que mesmo com a intensa chuva as obras de infraestrutura já em andamento não pararam um dia sequer:

            “É importante frisar que além da mobilização na recuperação da cidade, a Prefeitura não parou com as obras na cidade. Mesmo com as chuvas equipes do Município tem dado continuidade às obras de infraestrutura, principalmente as frentes de drenagem. E agora vamos intensificar nossas ações para recuperar os prejuízos causados pelas chuvas, seja na drenagem, terraplanagem, pontes, cortes de estradas e limpeza dos riachos”.

Madeira: a situação está sob controle.




Sobre a possibilidade de decretar estado de emergência em Imperatriz, o prefeito Sebastião Madeira afirmou que o Município está no controle da situação, e que as providências para garantir auxílio aos moradores localizados nas áreas alagadas já foram tomadas e as equipes trabalham diuturnamente na reorganização da cidade.

“Temos estruturado alojamentos para receber as famílias localizadas nas áreas de riscos e também já estamos trabalhando na limpeza dos riachos e ruas”. E acrescenta “até o momento não foi necessário decretar estado de emergência. Temos total controle da situação vamos dar conta de recuperar a cidade e garantir apoio às famílias atingidas”.

Diferente de outras cidades do País que tiveram mortes em decorrência fortes chuvas, Imperatriz até o momento não teve nenhuma vítima nas áreas atingidas pelas cheias. De acordo com os relatórios da Defesa Civil, o volume de água das chuvas ocorridas no final de semana foi superior ao esperado para 15 dias. Ultrapassando os 160 milímetros, mas o Município tem redobrado cuidados nas áreas alagadas.

Ontem pela manhã o vice-prefeito Luiz Carlos Porto percorreu algumas das frentes de recuperação de vias e também obras em andamento. Um dos pontos visitados foi a drenagem profunda realizada no Bairro Santa Inês. “É uma preocupação de toda a gestão ouvir a comunidade e acompanhar de perto todas as ações do executivo para garantir um serviço de qualidade e o conforto de todos”, frisou Porto.

Compreensão 

- Pessoalmente ou pelas redes sociais, a comunidade tem demonstrado apoio à gestão municipal no trabalho emergencial de recuperação de danos da enchente. Em uma das vistorias do prefeito Madeira às frentes de serviço, a professora Rosa Nascimento, lembra que há muito tempo não presenciava chuvas tão fortes em na cidade.

“Ficamos muito assustados com a intensidade das chuvas. Realmente os estragos foram grandes. Entretanto, mesmo se tratando de um fenômeno natural, percebo que a Prefeitura tem tomado as medidas assertivas para garantir apoio à população afetada, tanto na disponibilização de alojamentos quanto nas ações de recuperação de ruas e limpeza de riachos”.

Por uma rede social o internauta Erisvan Farias e Silva elogiou a atitude do prefeito e sua equipe em se manter junto à comunidade na tomada de decisões após a enchente. “Muito bem parabéns ao nosso prefeito. Ele não tem culpa se os céus mandam fortes chuvas e ainda bem que não é tsunami, terremoto”.