8/06/2014

REFERÊNCIA: SAMU renova frota de ambulâncias e tempo de espera pelo socorro diminui. Veículos mais velhos serão leiloados pelo Município


Com o reforço de dez novas ambulâncias recebidas do Ministério da Saúde, a frota da unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Imperatriz (SAMU) foi renovada no inicio do ano. O investimento constante em estrutura física, equipamentos e qualificação profissional garantem à unidade do SAMU agilidade nos serviços prestados à população de Imperatriz e região.

O socorro imediato tem sido possibilitado pela descentralização do serviço, e o rápido deslocamento das equipes tanto nas ambulâncias como na motolância, reduzindo e evitando agravamentos no quadro clinico dos pacientes e em muitos casos salvando vidas, como o ocorrido na semana passada com uma criança salva por um parto de emergência realizado no local do socorro.

Com os novos veículos, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) encaminhou ao Patrimônio da Prefeitura as ambulâncias que já apresentavam desgaste pelo tempo de uso para serem vendidas em leilão.

De acordo com secretária municipal de saúde, Conceição Madeira, vale ressaltar que as ambulâncias que se encontram no pátio da Prefeitura Municipal de Imperatriz tratam-se de veículos que não tem mais utilidade para o Município, pois sua reforma é economicamente inviável, por isso serão leiloados.

“O processo de leilão já está em tramitação. Além das ambulâncias, cerca de 20 veículos entre carros e motos estão inclusos neste processo, a maioria são sucatas e só terá utilidade para ferro velho. Já foi feito levantamento da frota que será leiloada, e toda a documentação está sendo preparada. O leilão acontecerá assim que a câmara aprovar o projeto de lei que autoriza a prefeitura a realizar a venda”, explica.
           
Sobre a nova frota, ela ressalta que o SAMU foi contemplado em 2013 com uma com uma motolância e em 2014 com uma ambulância traçada para atender as solicitações nos locais de difícil acesso. “Ano passado o serviço já foi reforçado com aquisição de outras três ambulâncias e este ano com a chegada de mais dez, melhorando assim os serviços do SAMU tendo em vista que cada vez que se aumenta o contingente de ambulâncias e o número de funcionários, diminui-se o tempo de espera do socorro solicitado ao 192”, ressalta.

Para a secretária com a ambulância traçada, se ampliou a cobertura do atendimento prestado as pessoas que moram em regiões mais carentes. “A caminhonete traçada 4x4 nos está nos auxiliando no socorro de dezenas de pacientes, especialmente os da zona rural, pois ela tem capacidade de chegar aos lugares que as ambulâncias comuns não têm; além de proporcionar mais conforto e segurança aos pacientes que são transportados”.

Atendimento regional - A Secretária observa ainda que o SAMU de Imperatriz opera com uma base central e duas descentralizadas no município, além de 14 instaladas nas cidades que compõe a regional; disponibilizando nove equipes de socorro, sendo seis Unidades de Suporte Básico, duas Unidades de Suporte Avançado e uma motolância.

Maria Almeida - ASCOM