10/09/2014

Oficina "Pílulas de Criação em Literatura Negra" atrai professores


A oficina "Pílulas de Criação em Literatura Negra", ministrada pela a escritora  arte-educadora, atriz e integrante da Academia de Letras do Brasil (DF), Cristiane Sobral, atraiu atenção de professores, coordenadores, da comunidade em geral e de estudantes universitários de Imperatriz. A formação foi realizada na tarde desta quarta-feira (8), das 14h às 18h, no 12º Salão do Livro de Imperatriz.

A oficina segundo a escritora Cristiane, buscou dá dicas para estes profissionais e futuros atuantes na área da educação sobre como trabalhar o conceito de literatura negra, com base na lei 10.639, que determina o ensino da história e cultura afro-brasileira nas escolas públicas.
“Para nós, termos a oportunidade de participar desta oficina é uma satisfação muito grande, ela deu dicas importantes de como trabalhar esta literatura em sala de aula com nossos alunos”, avaliou Maria Luiza, do Centro de Cultura Negra, Negro Cosme (CCNNC)
Cristiane Sobral no final da oficina fez uma dinâmica onde pediu aos participantes para escrever quais as principais ferramentas trabalhadas durante a formação.
“A oficina foi ótima, eles participaram, e a dinâmica do final possibilitou por meio da escrita de um pequeno texto literário, conhecer outras ferramentas para se trabalhar a literatura negra em sala de aula”, justificou a escritora.


A feira -  O 12º Salimp é uma realização da Academia Imperatrizense de Letras com o patrocínio da Cemar, Lei de Incentivo a Cultura Estadual e Prefeitura de Imperatriz. Conta com o apoio cultural do Armazém Paraíba, Autogiro, Banco do Brasil, Ecofuturo, Júpiter Internet, Mercantil Avenida, Fiat Milenium, Só Camisetas e Steffem.