1/25/2015

Madeira: Vamos dar todo apoio para nossa região se desenvolva também no ramo turístico.


Durante visita aos pontos turísticos da região juntamente com a secretária de Turismo do Governo do Estado, Delma Andrade, o prefeito Sebastião Madeira falou da importância de Imperatriz no novo cenário do Maranhão para o Turismo. Pela localização estratégica e pela logística já consolidada, Imperatriz é hoje a principal porta de entrada da Chapada das Mesas.
 Para Madeira, a localização estratégica de Imperatriz fazendo conexão rápida com São Paulo e Brasília facilita a vinda de visitantes de todas as partes do país e do exterior. “Aqui já temos o turismo de negócios e eventos pela vocação econômica e comercial da cidade, só esse aspecto já nos possibilita a nos desenvolver para além do ecoturismo e aventura, pois estamos muito próximos de Estreito e Carolina”, observa.
Pela sintonia entre Governo do Estado e Prefeitura de Imperatriz, e pela visita da secretária Delma Andrade às cidades da região, Madeira se mostra otimista também no fomento ao turismo: “o desenvolvimento do ecoturismo em base sustentável envolvendo cada vez mais a população nesse ramo de atividade gera emprego e distribuição de renda e melhora significativamente a qualidade de vida da população de todos os municípios envolvidos”.
Ele ressalta a vinda da comitiva da SETUR a Imperatriz e região nos primeiros trinta dias de trabalho do governo de Flávo Dino como início de uma cadeia de investimentos nesse segmento econômico.

“Estou muito satisfeito em ver o Governo do Estado já no primeiro mês de trabalho dando os primeiros passos mostrando interesse em investir no turismo que e em valorizar esse potencial da região porque é a indústria mais limpa geradora de emprego. nós temos aqui no Brasil cidades como Gramado que vivem só do turismo e a renda se espalha para toda a comunidade, taxistas, restaurantes, hotéis, pontos de visitação, é um dinheiro que se democratiza e beneficia a todos. Então vamos dar todo o apoio para que nossa região se desenvolva também nesse aspecto”, finalizou. [Kayla Pachêco – ASCOM]