5/04/2015

“Não é fácil organizar a cidade” diz secretário de Trânsito


Mudanças agradaram a população.

O secretário municipal de trânsito José Ribamar Soares, disse ontem que não tem sido fácil organizar o trânsito da cidade, mas que todo esforço tem sido feito para  garantir uma melhor mobilidade dos mais de 120 mil veículos que circulam  em Imperatriz.

“O enfrentamento é diário! Enfrentamos algumas resistências, contudo, nesse enfrentamento, conforme nos orienta o prefeito Madeira, privilegiamos a supremacia  do interesse público”  comentou  o secretário municipal de trânsito.

Ribamar lembra que o mais novo enfrentamento pela Secretaria de Trânsito  tem sido a mudança realizada  essa semana na Dorgival Pinheiro de Souza, uma das mais importantes da cidade. É que depois de recapeada, e totalmente sinalizada o estacionamento passou a ser apenas de um lado sendo que tal medida, num primeiro momento,  teria desgostado alguns comerciantes do setor.

Para o secretário é comum logo no início, sempre que é feita certa  mudança no trânsito,  algumas  manifestações contrárias, mas depois todos se acostumam e acabam concordando com a medida.


Sobre a mudança na Dorgival o secretário Ribamar disse que “por enquanto não estamos notificando nenhum infrator, apenas orientando” informou o secretário, que ressaltou que  mesmo com a maioria dos motoristas, comerciantes,  e a população tendo acatado e aplaudido a medida há um pequeno grupo que se insurgiu contra a medida. “Esse é um caso típico onde o que deve prevalecer é a supremacia do interesse público”  asseverou o secretário.

Ribamar lembra que igual medida também foi aplicada meses atrás  na Rua João Lisboa, que faz o contra fluxo da Dorgival, e também na XV de Novembro. “ Nessas vias conseguimos  disciplinar o estacionamento,   e hoje a população agradece. Acredito que ocorrerá o mesmo na Dorgival” disse


O secretário de trânsito encerrou a entrevista ressaltando que todo esforço tem sido feito para organizar o trânsito da cidade e melhorar a mobilidade e o fluxo de veículos 

Sidney Rodrigues - ASCOM