7/04/2015

Aécio Neves será reconduzido neste domingo à presidência do PSDB


Partido realiza neste  domingo, em Brasília, a 12ª Convenção Nacional do PSDB.
Novo mandato de Aécio como presidente do partido será de dois anos.
Do G1, em Brasília

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) será reconduzido neste domingo (5) ao cargo de presidente nacional do PSDB, durante convenção do partido em Brasília, segundo informou o partido.

De Imperatriz participam da convenção nacional o presidente de honra (local) o prefeito  Sebastião Madeira,  o presidente do diretório municipal José Ribamar Alves Soares, o J. Ribamar, o secretário do partido Esmerahdson De Pinho, e o diretor  municipal do Instituto Teotônio Vilela Elson Araújo.

O evento contará com a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do senador José Serra (SP), segundo a previsão da equipe do PSDB.

Todos eles irão discursar, segundo informou a assessoria de imprensa do partido. O discurso de encerramento caberá a Aécio Neves, cujo novo mandato terá duração de dois anos.

O PSDB divulgou um vídeo em que Aécio convida os simpatizantes a participar da convenção e diz que o partido está preparado para "encerrar o ciclo perverso de governo do PT".

"Estaremos reunidos [...] para mostrarmos a força do partido que está preparado para mudar as coisas no Brasil, para encerrar esse ciclo perverso de governo do PT e iniciar um outro, virtuoso, onde haja responsabilidade fiscal, desenvolvimento econômico e, principalmente, avanços sociais", afirmou o senador.

A 12ª Convenção Nacional do PSDB está prevista para começar às 8h e terminar às 14h, em um hotel na capital federal.

Durante o evento, também ocorrerá a eleição dos integrantes da comissão executiva e do diretório nacional do partido, que serão escolhidos por 528 delegados do PSDB. Segundo a previsão do evento, também serão definidos os membros dos conselhos de ética, fiscal e político, além do presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV).


Em maio de 2013, antes de oficializar a candidatura à Presidência da República nas eleições de 2014, Aécio foi eleito presidente do PSDB com 97,3% dos votos dos integrantes do partido. Na ocasião, o parlamentar mineiro teceu uma série de críticas à administração petista no governo federal.