8/20/2015

Prefeitura reforma Casa da Criança em parceria com a Vara da Infância e Juventude


O local oferece cuidados para crianças com idades de zero a nove anos
Para realizar acompanhamento assertivo das crianças que, por motivos diversos, não estão no convívio da família, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDES) em parceria com a Vara da Infância e Juventude reformaram um imóvel, cuja estrutura e atendimento já tem se tornado referência estadual e nacional. A entrega da reforma do imóvel foi realizada nessa quarta-feira (19). Atualmente, o local atende 16 crianças com idades de zero a nove anos. Com a reforma agora a estrutura ficou mais aconchegante.
A secretária de Desenvolvimento Social, Miriam Reis, ressalta que a gestão atual sempre priorizou a criança em todos os aspectos, seja na área social, na educação ou na saúde. De modo que a Casa da Criança é um reflexo do trabalho a Prefeitura e da Vara da Infância e Juventude em prol das crianças. “A parceria existente entre o Município e a Vara da Infância e Juventude, através do Juiz de Direito Delvan Tavares garantiu a pintura e reparos de toda a estrutura predial. A reforma durou três meses e transcorreu de forma estratégica para não prejudicar o funcionamento da Casa de Acolhimento”.
Cuidados - As crianças que estão abrigadas recebem acompanhamento de uma equipe de profissionais como: assistente social, psicólogo, pedagogo, enfermeira, nutricionista, além de toda a manutenção do abrigo promovido pela Sedes com alimentação diária, transporte escolar e quadro de servidores com cuidadoras, merendeiras, serviços gerais e coordenação trabalhando em um sistema de 24 horas – O Município é quem garante a manutenção dos serviços oferecidos pela Casa da Criança.

A estrutura da Casa da Criança está dividida em espaços como: brinquedoteca, biblioteca, parquinho, dormitórios feminino e masculino, berçário, enfermaria, sala de atendimento psicológico, refeitório, sala da equipe técnica, sala da coordenação, recepção e sanitários adaptados para crianças. O prédio é da vara da infância, mas é mantida exclusivamente pela prefeitura. Em media cem mil reais por mês para manter as três casas. Miriam Ribeiro, afirma que os serviços oferecidos na Casa da Criança, são mantidos pelo Município, mas também, recebe ajuda de parceiros.

“Além da Vara da Infância, que vem sendo um parceiro muito presente, contamos ainda com a parceria de shoppings, lojas de departamentos, empresas privadas, e da comunidade”. Acrescenta também que todas as crianças abrigadas recebem acompanhamento escolar, médico e nutricional. Participam de cursos profissionalizantes, atividades lúdicas, jogos, brincadeiras, oficinas, teatro, música e cinema.

Rosane Chaves, coordenadora da casa enfatiza a importância do trabalho desenvolvido pela casa. “Imperatriz tem sido referência no cuidado aos menores. Só esse ano já foram realizadas seis adoções de internos por famílias de diversas partes do Brasil”. Como exemplo ela acrescenta “Essa semana estamos acompanhando um casal do rio grande do sul que conseguiu adotar uma menina de um ano e meio"

Para o prefeito madeira o cuidado com a casa da criança é o maior orgulho de sua gestão. "Como o vereador    Pimentel costuma dizer se eu não tivesse feito nada mais em minha gestão só a casa da criança já seria uma grande realização. O mais importante é o cuidado com as pessoas. E nossa gestão tem priorizado isso a começar pelas nossas crianças.

Kayla Pacheco e Sara Ribeiro (ASCOM)