10/06/2015

Quintessencia: Antologia Poética será lançada no Salão do Livro de Imperatriz: Elson Araújo, Trajano Neto, Ribamar Silva, Lua Serena e Welito Carvalho assinam a obra

   
Com o selo da Ética Editora que possui mais de 700 títulos já publicados desde sua fundação, a obra (140 páginas) reúne cinco autores de estilos distintos, contudo, de acordo com a apresentação dos seus “ construtores, longe de segmentá-la enriquecem-na pois o leitor terá a oportunidade de faze uma leitura a partir da percepção de cada um , convergindo de forma bela para a composição de um todo harmônico”

“Compreendemos que a poesia se configura como um elemento composto por substância imaterial e que tem o dom de comover, sensibilizar e despertar sentimentos belos e sublimes em quem com ela mantém contato. Portanto, trata-se de um elemento proveniente do espírito e não do fazer manual” afirmam os autores.

O lançamento de Quintessência acontece no “Café Literário”, um dos espaços tradicionalmente mais frequentados do Salão do Livro (Centro de Convenções), ás oito horas da noite desta terça-feira.

O exigente editor literário Adalberto Franklim, que juntamente com o escritor Ribamar Silva, com quase 20 obras publicadas, assina a coordenação editorial do livro, escreve na “orelha do livro” : “que esperar da reunião de cinco poetas que se distinguem pela sensibilidade, pelo lirismo, pela paixão; pelo canto ao amor ausente e o encanto com o amor presente; pela percepção de beleza no singelo e o respeito à condição humana ? “ pergunta o editor logo no início do texto, para arrematar n final “ uma obra que, sem qualquer favor, se inscreve entre as melhores da literatura poética aqui publicadas. Ler Quintessência é, sem dúvida, um mergulho poético do que melhor se produz na literatura destes rincões maranhenses”.

O prefácio do livro leva a assinatura do escritor, membro da Academia Imperatrizense de Letras - AIL, Domingos Cezar. “Ao ler cuidadosamente cada frase de cada verso para prefaciar esta obra, eis que me vejo frente a uma coisa nova e boa em nossa literatura” escreve o titular da Cadeira 32, da AIL


Os autores

Quintessência: Antologia poética reúne cinco autores. São quatro maranhenses, Ribamar Silva, Trajano Neto, Elson Araújo e Weliton Carvalho, e uma gaúcha, da cidade de Pelotas, Lua Serena Poetisa. Os três primeiros, num total, em publicações solo ou em antologias, já publicaram mais de 20 obras. Os dois últimos estreiam em livro.

Elson Araujo

Maranhense, é jornalista e radialista profissional e atua na área da comunicação há 25 anos. Foi repórter de O Progresso e correspondente de O Estado em Imperatriz durante nove anos. Também é licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal do Maranhão
– UFMA – e Bacharel em Direito pela Unidade de
Ensino Superior do Sul do Maranhão – UNISULMA.
Atualmente é assessor de Comunicação Social da Prefeitura de Imperatriz e tem publicado seus poemas em sites da WEB e em jornais locais.

Lua Serena Poetisa

De Pelotas (RS), dedica-se à leitura de obras literárias desde adolescência. Tem como autores prediletos Clarice Lispector,Cecília Meireles, Vinicius de Moraes, Cora Coralina. Por longo tempo, produziu textos, poemas, os quais foram sendo guardados... Engavetados, até começar a serem divulgados em jornais locais, revistas, blogs, sites e em outras mídias.

Ribamar Silva

É licenciado em Pedagogia e Bacharel em Filosofia. Começou a escrever cedo e, ao longo da vida, publicou sozinho e/ou em parceria, 15 títulos no âmbito da Literatura e da Filosofia. Em sua opinião, os melhores títulos publicados são Poemação, Caminhos do Corpo, Caminhos da Alma, Epitáfio de Sonhos, Canto da Vida Inteira e Cuidado: a ética no começo da vida, além de participação em três antologias divulgadas em países de Lingua Portuguesa.
Teve seus textos publicados em jornais e revistas, bem como em sites da WEB. Concorreu em diversos concursos e festivais de literatura, tendo sido premiado muitas vezes.
A Literatura, em especial a Poesia, tal como a Filosofia e a Psicanálise, são compreendidas como um modo de ser e não apenas como um ofício.

Raimundo Trajano Neto

Fez carreira bancária sem jamais se distanciar da literatura, sua paixão desde a adolescência. Aos treze anos escreveu seus primeiros poemas, tendo como musa inspiradora a mãe.

Mora em Imperatriz desde 1975 , onde, entre outras funções, foi bancário (Banco do Brasil), vereador em Imperatriz (1997/ 2000) e, posteriormente, de 2001 a 2003, assessor da Prefeitura Municipal, período em que trabalhou na implantação do Consórcio Intermunicipal de Produção e Abastecimento da Região Tocantina, do qual foi secretário-executivo.

Em 1999 publicou seu primeiro livro, Translúcidos (poesias). Em 2003 publicou o segundo livro, Entre tantos e outros (prosa e poesia). Posteriormente publicou mais dois livros, Miscelânea (2009) e A pedra e outros poemas (2014). É membro da Academia Imperatrizense de Letras cadeira 11

Weliton Carvalho

Nasceu em Bacabal-MA.


Com poucos dias de nascido, foi levado para Santa Inês e ali ficou até os dez anos de idade. Com dez anos de idade, foi estudar na capital, Permaneceu em São Luís de 1976 até 1983. Depois de uma breve estada em Gioânia-GO, rumou para o Recife em 1985, onde bacharelou- se em Direito em 1991. Em 1995 voltou ao Maranhão. Publica Travessia sem fim (1999). No ano seguinte, já tinha pronto Descobrimento do explícito (2000), Sustos do silêncio (2001), Tempo em conserva (2006), Gemoetria do lúdico (2008). É membro da Academia Maranhense de Letras Jurídicas; da Academia Brasileira de Direito Constitucional da Academia Imperatrizense de Letras. Juiz de Direito e professor na Universidade Federal do Maranhão.