2/25/2016

Governo conclui quadra poliesportiva da escola Governador Archer


O Governo do Estado está realizando a manutenção e requalificação da estrutura do Centro de Ensino Governador Archer, uma das escolas mais tradicionais de Imperatriz, reconhecida nacionalmente pelo trabalho de inclusão de alunos com deficiência no ensino regular. Entre as ações está a construção de uma quadra poliesportiva que vai beneficiar 600 estudantes, além da comunidade no entorno.

 Os trabalhos estão sendo coordenados pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e fazem parte das políticas de acessibilidade e inclusão social defendidas pelo governador Flávio Dino. A obra está prevista para ser entregue à população na próxima segunda-feira (29).

 Com a conclusão dos serviços, os estudantes terão um espaço adequado para a prática de atividades físicas que até então eram realizadas em espaços cedidos por outras instituições ou improvisadas em espaços inapropriados, embora a unidade tenha sido construída há 64 anos.

 Para o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, a iniciativa demonstra a preocupação do governador Flávio Dino com a juventude maranhense, sendo uma demonstração da sensibilidade com as demandas que proporcionam qualidade de vida para a população.

 “Agora, esse equipamento público vai ajudar crianças e jovens a desenvolverem atividades esportivas e sabemos que isso tem um impacto positivo no desenvolvimento da saúde e educação deles”, afirma o secretário.

 Com o investimento, a comunidade escolar poderá contar com um espaço coberto, com arquibancada e apropriado para a prática de vários tipos de esporte, como futsal, basquete e vôlei.  Os alunos já comemoram. “A quadra ficou muito boa; estamos ansiosos para poder usá-la”, diz Gabriel Silva.

 Para a diretora da escola, Diana Barreto, o equipamento público é de suma importância para o processo de formação do estudante. “O esporte viabiliza o desenvolvimento integral do aluno, melhora a disciplina, o comportamento e o respeito com o outro. Com a quadra na escola podemos incentivar a prática esportiva e já temos várias programações”, afirma.

 O professor de educação física da escola, Jessé Sousa, conta que as aulas ficarão mais confortáveis e fortalecerão ainda mais a referência nacional que a escola possui no atendimento de estudantes surdos-mudos. “Antes trabalhávamos no sol e chuva. Só temos a agradecer ao Governo do Estado que atendeu as nossas solicitações e nos proporcionou esse espaço”, comenta.
 
(ASCOM/MA)