2/01/2016

Prefeitura emite novas carteiras que garantem gratuidade para pessoas com deficiência


A expedição das carteiras é por tempo indeterminado. O serviço visa garantir gratuidade nos eventos culturais e no transporte público

O Centro de Referência da Pessoa com Deficiência, programa assistencial mantido pela Prefeitura Municipal de Imperatriz, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social  (Sedes) iniciou nesta segunda-feira (25),  o procedimento de renovação e expedição das Carteiras de Passe Livre Municipal e de Livre Acesso destinado para pessoas com deficiência.

Para a expedição das Carteiras de Passe Livre Municipal, a pessoa com deficiência deverá comprovar renda familiar per capita de até três salários mínimos. A Carteira assegura a pessoa com deficiência o uso gratuito no transporte público, basta o portador apresentar o documento original de identificação ao motorista ao entrar no ônibus, estádios esportivos, teatros, exposições e eventos culturais realizados no município.

 Para a expedição das Carteiras de Livre Acesso intermunicipal, a única exigência é comprovar o tipo deficiência, atestada com o CID (Classificação Internacional de Doenças), por meio de laudo médico, independente de comprovação de renda familiar ou individual.  Ambas as carteiras terão a mesma garantia vigente em lei. O que diferencia uma carteira da outra é que, essa última, o portador não terá acesso ao transporte público, por possuir uma renda acima do permitido.

Segundo a coordenadora do Centro, Susy da Silva Cortez, a expedição das carteiras objetiva reduzir os obstáculos que alguns pessoas com deficiência enfrentam no dia a dia, concedendo-lhes acesso aos lugares inacessíveis e aos serviços disponíveis ao cidadão” destaca a coordenadora.

Portanto, os interessados devem procurar o Centro de Referência, localizado à Rua Pernambuco, nº 68, em frente à Escola Leôncio Pires Dourado, bairro Juçara, no horário de 8h às 11h30 e das 14h às 1730, de segunda a sexta-feira,  munido dos seguintes documentos: 02 fotos 3x4, RG, CPF, Comprovante de Endereço, Laudo Médico com o nome do paciente e a CID  e, se necessário acompanhante. Todos os documentos deverão ser acompanhados dos originais e xeros.

Francisco Lima [ASCOM]