2/01/2016

Prefeitura realiza sorteio de lotes para as quebradeiras de coco do povoado São Felix


A ação é fruto da doação de um terreno do município e muda a vida de moradores da localidade

Foram sorteados nesta sexta-feira, 18 lotes de um terreno no povoado São Félix, próximo à Coquelândia. Ocasião em que estiveram presentes o secretário adjunto da Secretaria de Regularização Fundiária (SERF), dr. Paulo Sérgio, e outros dois servidores da mesma Secretaria, Obede Costa e pastor Igson.

O dia era de festa, a equipe da SERF foi recebida com muita alegria pela comunidade. A entrega dos lotes é fruto de uma solicitação feita pela Associação de Pequenos Produtores de São Félix.

Cada lote possui 250 metros quadrados e foram destinados às mulheres quebradeiras de coco, que foram previamente selecionadas pela própria associação, presidida por dona Raimunda. A entrega foi feita por meio de sorteio e cada um dos 18 lotes foram sendo distribuídos entre as quebradeiras. Na planta também foi separado um terreno para a construção da Associação dos Moradores.

Havia uma necessidade muito grande por parte dessas mulheres em receber os terrenos, pois, muitas delas já viviam de favor em casa de parentes, ou mesmo em casa com situação precária de se viver. É o caso da dona Josefa Cândida Santos, 65, quebradeira de coco que vivia há mais de quarenta anos sem uma casa própria, e que mora atualmente na casa de uma filha, mas que agora vê na entrega dos lotes um sonho realizado. “Estou muito alegre porque eu não tinha onde morar, recebi meu terreno e vou construir minha casinha” disse emocionada.

O Dr. Paulo Sérgio agradeceu a atuação do secretário da SERF, o Dr. Daniel Pereira, pelo esforço em dar celeridade ao processo de distribuição dos lotes e recomendou às beneficiadas: “Esperamos que vocês façam bom uso dos terrenos, que não vendam, mas que construam suas casas neste local”.

O secretário adjunto disse ainda que a entrega dos lotes “representa a realização de um sonho de pessoas humildes que há décadas residem aqui no povoado de São Félix e tinham uma expectativa muito grande de ter o seu lote para poder construir sua casa própria, ter um aconchego pra família e na gestão Madeira, na coordenação do Secretário de Regularização Fundiária, o Dr. Daniel Sousa, que não mediu esforços no sentido de agilizar e desburocratizar todas as etapas e garantir para este povo os lotes, hoje é um dia de festa”.

Sara Batalha [ASCOM