5/01/2016

Secretaria da Mulher encerra curso de capacitação com homenagem às mulheres no Dia Nacional da Mulher

Pouco difundido no país, o Dia Nacional da Mulher, comemorado em 30 de abril, homenageia e lembra a luta das mulheres na conquista de seus direitos

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulher (SMPM) aproveitou a solenidade de encerramento do Curso de Capacitação sobre Direitos Humanos para homenagear todas as participantes pelo Dia Nacional da Mulher, comemorado ontem, dia 30 de abril. A programação foi recheada de atividades e homenagens às servidoras da Secretaria e todas as participantes presentes, onde foram recebidas com lanches, almoço e palestra motivadora, destacando a valorização e o reconhecimento da valorosa colaboração da mulher na sociedade.

Na oportunidade, a secretária da Mulher, Conceição Medeiros Formiga lembrou a importância da mulher de forma especial. Conceição Formiga agradeceu a contribuição de todos que estavam presentes durante o curso e fez questão de lembrar a importância que a data representa para a sociedade. Parabenizou-as pela luta, perseverança e conquista. “O Dia Nacional da Mulher lembra a luta pelas questões de gênero, para que as mulheres conquistem cada vez mais o espaço que lhe é de direito, por melhores condições de vida, dignidade e trabalho”,  lembrou a secretária.

Assim como o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, o Dia Nacional da Mulher é celebrado anualmente em 30 de abril no Brasil. a  data  foi  instituída pela Lei nº 6.971 de 1980, como homenagem a Jerônima Mesquita, enfermeira brasileira que liderou o movimento feminista no país e fundou o Movimento Bandeirante, que tinha como objetivo promover a inserção da mulher em todas as esferas da sociedade. Ambas as datas impõem as reflexão sobre a igualdade de gênero.

O  curso de capacitação sobre direitos humanos é uma iniciativa da SMPM, em parceria e apoio dos  órgãos que integram a Rede de Atendimento à Mulher, entre eles: Poder Judiciário (Vara Especial de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher); Ministério Público do Estado do Maranhão (MP/MA); Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA); Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM); Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM);  Casa Abrigo, Polícia Militar, movimentos sociais;  educadores;  Centro de Cultura Negra Negro Cosme (CCNNC),  servidores públicos, sociedade civil, entre outros. O curso foi realizado no auditório da Secretaria Regional de Saúde, divido em dois módulos: O módulo I aconteceu no dias 15/16 e o módulo II nos dias 29/30 de abril.


Francisco Lima/Ascom