11/29/2016

Realizada abertura oficial da campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher”


            A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Publicas para Mulher (SMPM), o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e o Centro de Referencia e Atendimento à Mulher (CRAM) realizaram na noite de sexta-feira (25), a abertura oficial da campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”. A abertura oficial aconteceu no auditório da Universidade Aberta do Brasil (UAB), que contou com a presença de representantes do poder público, sociedade civil, servidores e acadêmicos universitários.

            Em discurso, a secretária da Mulher, Conceição Medeiros Formiga reconheceu os desafios de participar de uma ação de grande importância para a sociedade, e aproveitou o momento para convidar toda população para participar das atividades dos 16 dias de ativismo.

            “Sabemos que todos os dias são dias de combate contra qualquer tipo de violência, e a campanha tem esse objetivo, promover debates e conscientizar a sociedade a estimular denúncias, falar para a mulher que ela tem que denunciar a violência sofrida. Portanto, nosso maior enfoque consiste nos trabalhos educativos e preventivos de violência contra mulheres durante toda a campanha”, destacou a secretária.

            No sábado foi realizada a panfletagem educativa de divulgação da campanha. A panfletagem aconteceu na Praça de Fátima, centro de Imperatriz, onde houve a distribuição de milhares de folders e jornais com informações educativas e de conscientização aos motoristas, ciclistas e pedestres que transitaram pelo itinerário da praça.

            Hoje a partir das 19h, a equipe da SMPM estará na comunidade São Pedro no bairro Parque do Buriti ministrando uma palestra sobre a campanha e sobre violência doméstica e familiar. 

            A campanha que acontece mundialmente tem como objetivo chamar a atenção, promover debates e denunciar as várias formas de violência contra mulheres no mundo. Aqui no Brasil as celebrações que começaram no dia 20 de novembro,  se estenderão até o 10 de dezembro, quando se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Francisco Lima/Ascom