5/17/2017

Da Câmara Municipal para a Assembléia Legislativa

Câmara Municipal de Imperatriz
Em toda eleição estadual pelo menos um ou dois candidatos  para a Assembléia Legislativa saem da Câmara Municipal de Imperatriz. Virou uma espécie de tradição.

Na eleição passada Roma (PSL) e Rildo Amaral (Solidariedade), saíram candidatos, foram bem votados, mas ficaram como suplentes. Na recente eleição municipal  Roma andou perto, contudo, não se reelegeu para vereador. Dono de uma grande popularidade e prestigio, deve ser candidato novamente em 2018. Rildo, entre os mais bem votados  da cidade para vereador na última eleição,  assim como o homem do Bandeira 2 , deve voltar a tentar uma vaga na Assembléia Legislativa,   ano que vem. 

Na atual legislatura, além do já experiente Rildo Amaral e do decano José Carlos (PV)  que também é lembrado como possível candidato a deputado,  o novato Ricardo Seidel (Rede)  visivelmente tem feito ensaios na construção de uma candidatura . O mesmo acontece com o  Professor Zesiel Ribeiro (PSDB)  e com o  vereador  Dr Fábio Hernandes (PSC).

Precedentes-  Na história recente da cidade  o radialista João Batista (PP)  e o professor Marco Aurélio (PC do B)  carregam o feito de terem saído da Câmara Municipal para a Assembléia Legislativa.  Batista, depois do encerramento do mandato de deputado, cumpre uma espécie de “ano sabático,”  ainda sem prazo conhecido para acabar,  ou seja,   mantém-se e, manteve-se afastado das últimas disputadas eleitorais  sendo uma icógnita seu retorno para as batalhas eleitorais; já Marco Aurélio  no exercício do primeiro mandato, iniciou, faz tempo, a busca das condições para a reeleição.

Antes de João e de Marco Aurélio, outro João, o Macedo, saiu da Câmara Municipal direto para a Assembléia Legislativa do Maranhão.