6/06/2017

Morre dona Francisca Lindô. O corpo está sendo velado no Bairro Santa Inês


 Anunciada na noite de segunda-feira a morte, aos 73 anos de idade,  da mestra da cultura popular  Maria Francisca Pereira da Silva, ou simplesmente “Dona Francisca do Lindô”.  Dois dias antes, “a filha do coração” de Dona Francisca,  a atriz Lília Diniz, informava  numa rede social que  ela  tinha sido internada e que estava precisando do apoio e das orações dos amigos, e já  na noite de segunda, 6, a  mesma Lília também anunciou que Dona Francisca, que tinha câncer,  não resistiu.

Moradora havia 39 anos  do bairro Santa Inês,  Francisca do Lindô  era respeitada dentro e fora do Maranhão  por manter viva uma tradição  herdada dos pais no interior de Caxias, a Dança do Lindô  que  se orgulhava de dançar desde os três anos de idade quando ainda morava no povoado Arueira. “Nasci e me criei vendo o povo dançar” dizia a mestra.

Num contato recente com o titular do blog dona Francisca confessou o sonho de não deixar morrer a  “cultura do Lindô e da  Mangaba, outra brincadeira cultivada por ela. “Tenho medo que essa tradição acabe” disse ela que na oportunidade informou que juntamente com Lília Diniz, planejava um espetáculo para ser apresentado na cidade durante este mês de Junho. A ideia era juntar o Lindô, a Mangaba e o Bumba Meu Boi.