7/08/2017

Cavalgada abre a 49 Expoimp


Nos bastidores  de uma que é considerada uma das maiores cavalgadas do País um esforço concentrado de órgãos como a Polícia Militar, Exército, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público e o Poder Judiciário para evitar os transtornos dos anos anteriores quando se constatou até morte de animais e acidentes com vítimas fatais. O presidente do Sindicato Rural , Renato Pereira nos últimos dias realizou várias reuniões  neste sentido.

A Exposição Agropecuária de Imperatriz, que ocorre no Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva, que chega à sua 49 edição  e a cavalgada marca a a abertura da festa  Reúne expositores de quase todo o país. A feira vai até o próximo domingo,  data do aniversário de fundação da cidade.

Para Renato Pereira, presidente do Sinrural, ainda existem pontos a melhorar na cavalgada, mas que já houve uma grande evolução. “O intuito sempre é fazer uma cavalgada mais segura, que tenha um trânsito mais fluido, sem interditar as vias da cidade e da BR por muito tempo. Nós não medimos esforços para, junto de todos esses órgãos aqui reunidos, fazermos com que, a cada ano, a cavalgada evolua e tenha mais segurança e fluidez”.

Trajeto – Seguindo o modelo do ano anterior, os cavaleiros e amazonas devem se concentrar na Praça da Cultura, e de lá seguirem o trajeto passando pela rua Coronel Manoel Bandeira, Luís Domingues, Amazonas, Avenida Getúlio Vargas e BR -010. No trecho próximo a marginal do DNER será colocado disciplinadores, passando por sobre a ponte do Cacau, e indo até o início do trevo, totalizando 800m de barreira física. As carroças não poderão seguir a partir dessa rota e deverão fazer o retorno na altura da rotatória do aeroporto.