7/11/2018

Acusado de executar ex-presidiário no bairro Nova Imperatriz é preso no Pará



O PROGRESSO

José Humberto de Sousa Costa já foi recambiado para Imperatriz
A Polícia Civil do Maranhão, através de ação da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas-DHPP, de Imperatriz, realizou nesta segunda-feira (9) o cumprimento da prisão temporária em desfavor de José Humberto de Sousa Costa. 

José Humberto é acusado de participação na ação criminosa que culminou na morte de Renato dos Santos Menezes, conhecido por ‘Nani’, fato ocorrido no dia 19 de junho de 2018.

Renato Menezes, que se encontrava em liberdade provisória e usava tornozeleira eletrônica, foi morto por asfixia no quintal da casa em que residia, no bairro Nova Imperatriz. Renato e José Humberto travaram luta corporal e ele foi estrangulado pelo seu algoz. 

A DHPP, através do delegado Praxisteles Martins, durante as investigações apurou que a companheira de Renato Menezes, Francisca da Silva Carvalho, foi a mandante do crime. Foi apurado também que José Humberto era amante dela. Francisca da Silva Carvalho foi a primeira a ser presa e já se encontra na Unidade Prisional de Ressocialização de Davinópolis-UPRD.

José Humberto foi preso quando se encontrava homiziado na casa de um amigo na cidade de Parauapebas, para onde tinha fugido desde o dia do crime. Ele disse para o amigo que tinha se desentendido com a família. 

José Humberto foi recambiado e já se encontra na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz-UPRI, à disposição da justiça