1/12/2012

Comércio faturou alto no mês de Dezembro. O 13 ajudou a impulsionar as vendas.


Empresário Marcone da Tok Bolsas com o prefeito Madeira.

Só a Prefeitura com  folha de Dezembro, o 13 e o 14 salários pago aos professores de sala de aula,  injetou no mercado cerca de 13 milhões de reais.

Os comerciantes de Imperatriz não têm do que se queixar em relação ao faturamento do final deste ano.  Algumas empresas chegaram a faturar,  em Dezembro,   até 40% a mais em relação ao  mesmo período    de 2010  A informação foi confirmada pelos próprios comerciantes ao prefeito Madeira em recente visita feita por ele ao  Centro Comercial.

As promoções localizadas e as coletivas, como a Campanha Sonho de Natal, promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) ,  o 13,  pagos pelo  poder público e pela iniciativa privada, enfim as  “ cores e  o brilho do final do ano levaram o consumidor a comprar mais do que o ano passado.

Só a Prefeitura, maior empregadora da cidade, entre  salário, 13, e ainda pela primeira vez o 14 salário pago aos professores  “ de sala de aula”  com a sobra do Fundeb, injetou no mercado local cerca de 13 milhões de reais, líquido.

Os empresários, entre eles Manoel Marcone, o Marcone da Tok Bolsas,  também atribuem o bom resultado das vendas ao  bom momento econômico pelo qual passa Imperatriz com  vinda de novas empresas e o conseqüente  surgimento de novos postos de trabalho, salário e renda.