1/15/2012

Imperatriz “capital brasileira do curió”


Criadores de Curió ( Oryzoborus angolensis) se reuniram neste Sábado e Domingo, em Imperatriz, para mais um concurso de canto.
 No sábado os ouvidos dos especialistas se aguçaram para escolher, entre 17 competidores de pelo menos quatro regiões do País ( Nordeste, Centro Oeste, Sudeste e Norte),  o melhor Canto Praia; hoje (Domingo) a missão dos juízes foi escolher o melhor Canto Livre.

A competição foi organizada pela Associação dos Passaricultores de Imperatriz, entidade que reúne os aficionados pela criação de pássaros da cidade, notadamente os criadores do pequeno, belo e apaixonante curió.

Para uma melhor comodidade dos competidores a competição foi realizada no ginásio do CAIC, no Bonsucesso e atraiu além de criadores,  curiosos e autoridades como o prefeito Sebastião Madeira e o secretário de esporte Neto da Ampere, que lá estiveram para dar as boas vindas aos competidores.

Os criadores de curió se reúnem  todos os domingos na Pracinha da bifurcação da Rua Ceará com Padre Cícero. Ali se confraternizam,  comercializam produtos próprios para a alimentação e  “embelezamento dos pássaros”

CURIÓ- FICHA TÉCNICA



Nome: Curió 

Outro Nome: Avinhado 

Nome Científico: Oryzoborus angolensis

Significado do Nome: Curió significa na linguagem indígena "Amigo do homem". 

Ordem: Passeriformes 

Família: Fringílidas 

Nome em Inglês: Thick-billed (Lesser) Seed Finch 

Nome em Espanhol: Semillero Picogueso 

ALimentação no Habitat Natural: Alimenta-se basicamente de alguns insetos, várias sementes com exclusividade na semente do capim navalha. 

Cor: marrom quando novo. Depois de completar 420 dias suas penas ficam pretas com apenas uma pequena mancha branca na asa e sua barriga e peito fica na cor vinho, a fêmea é marrom com um tom mais claro no peito mesmo quando adulta. 

Localização: Todo o Brasil e alguns lugares da América do Sul. Habita as regiões litorâneas brasileiras e principalmente o litoral paulista. 

Tempo de Vida: 30 anos no cativeiro (se bem cuidado) e de 8 a 10 anos na vida selvagem.

Tamanho: 14 cm. 

Época de Acasalamento: Ocorre no mês de agosto até o fim de março. 

Fêmea - Início do Perído Fértil: 6 meses a 1 ano.

Período de Incubação: 12 dias.

Números de Ovos: De 1 a 3 ovos por ninhada.