2/29/2012

Cartão SUS será obrigatório a partira desta quinta-feira, Dia Primeiro de Março


Comprovante de residência é uma das exigências para emissão do cartão SUS, diz diretor do CADSUS.

A partir da próxima quinta-feira, Primeiro  de março, o Cartão Nacional de Saúde, conhecido como Cartão SUS (Sistema Único de Saúde), será obrigatório para atendimento na rede pública em todo o País. É o que determina portaria expedida pelo Ministério da Saúde, e que vem sendo amplamente divulgada.

Ontem o Superintendente do SISREG- Sistema de Regulação do Município de Imperatriz – Irisnaldo Felix feliz um alerta a população, em especial aos que residem em Imperatriz e que necessitam do atendimento médico nas unidades de saúde do município de Imperatriz.

Irisnaldo disse ainda que a apresentação do Cartão SUS será obrigatória até mesmo para os pacientes que possuem convênio. De acordo com o Ministério da Saúde, a exigência do cartão visa formar um cadastro nacional com dados e históricos dos pacientes.

Hoje, “a ausência do Cartão SUS não é impedimento para que o paciente seja atendido" na rede municipal de saúde de Imperatriz. Segundo Irisnaldo, os usuários são orientados a providenciar o documento para apresentá-lo na próxima vez em que for utilizar o serviço de saúde, mas a partir desta quinta-feira, o documento será obrigatório em todo território nacional sob pena de o paciente não receber atendimento médico.

“É claro, em casos de urgência é nosso dever fazer o atendimento, mas os responsáveis (família) terão que providenciar a documentação do paciente.

“A apresentação do Cartão SUS é obrigatória e indispensável em caso de internação, realização de exames e recebimento de medicamentos. Irisnaldo que somente a metade da população de Imperatriz adquiriu o cartão.

O coordenador do CADSUS - Sistema de Cadastramento de usuários do SUS de Imperatriz – Francisco de Assis, disse que para emitir  o  documento é preciso apresentar CPF, RG e comprovante de residência. No caso de crianças, os documentos necessários são certidão de nascimento e comprovante de residência.

O coordenador do programa cartão SUS em Imperatriz – ainda que Sistema de cadastramento de Usuários do Sistema Único de Saúde permite a geração do Cartão Nacional de Saúde, que facilita a gestão do Sistema Único de Saúde e contribui para o aumento da eficiência no atendimento direto ao usuário. O cadastramento permite a construção de um banco de dados para diagnóstico, avaliação, planejamento e programação das ações de saúde.

Onde emitir?

Francisco de Assis (CADSUS/Imperatriz), disse que na última semana conseguiu concluir o sistema integrado para emissão do Cartão SUS, no Conjunto Vitoria, que irá beneficiar os moradores dos bairros; Vila Vitoria, Habitar Brasil I e II, Vila Davi II e adjacências.

Além da Central (Três Poderes) o Cartão SSUS também poderá ser emitido nas seguintes unidades de saúde; Milton Lopes, Vila Nova, Ouro Verde, Nova Imperatriz, Santa Rita e Cafeteira.

No ato da aprovação do cartão, o usuário recebe um cartão provisório que deverá se substituído pelo definitivo. O SISREG esclarece que a responsabilidade pela troca é do Ministério da Saúde que envia os documentos aos municípios para serem distribuídos à população.

O cartão serve para que o usuário tenha identificação imediata, rapidez no atendimento e marcação de exames e consultas com menor burocracia.