2/08/2012

Galeria do Santa Rita recebe “placas de Concreto"

Galeria do Santa Rita

 A Obra era esperada há 25 anos  afirma moradores

A prefeitura aos poucos põe fim a um dos graves problemas de infraestrutura do bairro Santa Rita: o saneamento  da Rua Santa Rita esquina com a Imperatriz Leolpina por onde passa a “grota José de Alencar” que ao longo dos anos se tornou um imenso esgoto a céu aberto. Ali, naquela esquina a situação ficou pior porque a grota, com  o tempo, levou um pedaço da rua impedindo o tráfego de veículos e a circulação de pedestres.

Esta semana  a Prefeitura  concluiu as placas de concreto que já começaram a ser postas. “Há 25 anos essa obra era esperada” disse ontem o apresentador  de TV Paulo Negrão que tem grande parte de seus parentes residindo naquelas imediações.

   Por telefone o prefeito Madeira  que cumpre agenda de trabalho fora de Imperatriz disse que a  galeria é apenas parte do projeto que a Prefeitura dispõe para aquela rua bem como para o restante da Grota José Alencar, no setor do Bonsucesso.

        A Rua  Santa Rita, informou o prefeito,  que começa  na Avenida Newton Belo e termina  na Avenida JK, foi incluída no projeto de pavimentação asfaltica que a Prefeitura fará  em convênio com o Governo.  O convênio abriga ainda o saneamento, no bairro Bonsucesso,  da grota José Alencar uma antiga reivindicação  dos moradores daquele lado da cidade.

“Ficamos felizes porque uma situação problema de  muitos anos vai ser resolvida na nossa gestão” assinalou Sebastião Madeira.


Moradora do bairro há mais de vinte anos, a aposentada Maria Silva Santos diz não se lembrar a última vez que viu a rua em condições normais. Antes de a obra ser iniciada, em novembro, era impossível a passagem de veículos. “Ficou uma maravilha. Eu já estou agradecida e sei que todos [estão]. Estamos na expectativa de ver o término”, disse ela.
A obra tem prazo de cinco meses, por isso, sua entrega está prevista para o próximo mês de março. Ainda assim, Maria garante que o que já foi feito resolveu o problema de muitos moradores. “Lá atrás enchia, [pois a água não tinha para onde ir]. Infiltrava nas casas dos moradores, criava buraco nas paredes. Agora, como aqui [a água] está correndo direitinho, lá não enche mais”, explicou a aposentada.

No local onde a galeria é construída está a passagem do riacho José Alencar. A erosão, causada pelo fluxo da água, acabou criando uma enorme cratera, que impossibilitou a passagem de veículos. Há anos a rua só é usada por pedestres.

Também aposentado, José Bezerra vive no bairro Santa Rita há 25 anos. Para ele, a obra é uma prova de que a Prefeitura quer trabalhar pela população. “O prefeito [Sebastião Madeira] tem boa vontade de fazer essa obra. Está ficando bom. Alguns moradores já veem os benefícios da obra. Esperamos que seja inaugurada logo. [Essa obra] foi muito esperada pela população”, concluiu o aposentado.

Com a conclusão da obra de construção da galeria, o município espera asfaltar toda a rua Santa Rita. A via tem cerca de três quilômetros de extensão e liga a Rua Newton Belo  à Avenida JK.