6/24/2012


Primeira cirurgia cardíaca de Imperatriz é realizada no Hospital São Rafael

Illya Nathasje (O PROGRESSO)


Pioneiro em oncologia, o Hospital São Rafael realizou na sexta-feira a primeira cirurgia cardíaca do interior do Maranhão, colocando Imperatriz em posição de vanguarda, já que no Maranhão este procedimento até então era realizado somente em São Luís.

O Hospital São Rafael dispõe de 11 profissionais na área: 5 clínicos, 4 hemodinamicistas e 2 cirurgiões. A cirurgia, realizada em paciente do sexo masculino de 60 anos, durou em torno de 3 horas, onde o coração e o pulmão foram parados por 1h30, alimentados por uma máquina que realiza circulação extracorpórea, e foi coroada de pleno êxito. - Hoje estamos todos aqui, tranquilos. Tudo correu dentro do esperado. Parabéns à equipe e à cidade de Imperatriz, afirmou à reportagem, José Carlos Fernandes, um dos diretores.

Médico responsável pela cirurgia, juntamente com Oscar Molina, Cassius Borsato Herrera, que reside em Imperatriz há mais de uma década, destacou que este é um avanço que beneficia, além da comunidade médica pela implantação de um procedimento médico de alta complexidade, a cidade de Imperatriz, que passa a ser referência médica em tecnologia de ponta, e toda a região por dispor de um atendimento igual ao de qualquer grande centro.

Para o doutor Cassius, o sucesso da cirurgia efetuada em 22 de junho, além de um marco histórico na medicina de Imperatriz, representa a consolidação de uma luta iniciada há 10 anos (há 05, já se pratica cateterismo, com a implantação de stents), pelos diretores José Carlos Fernandes, Edison Calixto, Ricardo Barhum e João Peixoto Filho e traduz uma conquista que é de todos os profissionais do Hospital São Rafael. - É um feito que nos orgulha.

A expectativa é de que em breve, após a realização da primeira intervenção, os benefícios da cirurgia cardíaca possam ser disponibilizados para os pacientes da rede SUS. É aguardar que o Ministério da Saúde agilize o credenciamento.