1/01/2013

Aos 63 anos Madeira assume pela segunda vez o mandato de prefeito de Imperatriz. Posse será nesta terça-feira a partir das 16 horas.




 Primeiro prefeito reeleito na historia política de Imperatriz, com 57,61% dos votos, o médico Sebastião Madeira (PSDB) completou na última sexta-feira, dia 29, 63 anos de idade.  Além de comemorar a nova idade e, a  inédita reeleição, o prefeito diz que encerra seu primeiro mandato cumprindo uma promessa feita logo no primeiro dia da gestão:  entregar  Imperatriz  melhor do que  recebeu em Primeiro de  Janeiro de 2009.

“Só temos a comemorar e agradecer a Deus pelos avanços múltiplos vividos  pelo município de Imperatriz. Aproveito  o momento para assumir outro compromisso:  vamos trabalhar muito mais nesses quatro anos,  e se hoje Imperatriz comemora avanços em todos os setores,  em Dezembro de 2016, não tenho dúvida, de que estará muito melhor”

- Madeira  será empossado nesta terça-feira, Primeiro de Janeiro,   na Câmara Municipal numa solenidade marcada para as 16 horas.  Logo após as formalidades  do ato de posse segue em caminhada até a Prefeitura aonde receberá pela segunda vez a faixa de prefeito da segunda maior e mais importante cidade do interior do Maranhão.

O prefeito receberá a faixa  da mulher Conceição e dos filhos,  o médico Alberto Madeira, de volta a Imperatriz depois de cinco anos de residência médica em oftalmologia, na capital paulista,  e Mariana Madeira, estudante de medicina em Brasília.


Natural de São Domingos do Maranhão, é filiado ao PSDB desde seu ingresso na vida política, no final dos anos 1980.  

Madeira,  antes de ser eleger prefeito,  acumulou a experiência de quatro mandatos de  deputado Federal e de dirigir por dois mandatos consecutivos,  a segunda instância mais importante do PSDB, o Instituto Teotônio Vilela (ITV).
Durante a execução da  sua vida pública    Madeira conquistou a confiança da população e a aprovação do trabalho tanto como prefeito, quanto  agora como prefeito.


Ao ser questionado sobre a sensação de findar o primeiro mandato, Madeira disse que nesse momento o sentimento é de gratidão. “O que me vem à cabeça é uma frase que usei  muito durante a campanha, o povo é justo e reconhece quem trabalha”. 
Em uma conversa alegre descontraída, o prefeito destaca o trabalho que realizou à frente da prefeitura em seu primeiro mandato.

 “Sempre quis ser prefeito de Imperatriz. Foi esse o meu propósito quando resolvi deixar a medicina para ser político. Ao atingir esse objetivo, nas eleições de 2008, passei a canalizar toda minha energia, toda minha capacidade de trabalho para enfrentar os problemas históricos de Imperatriz, mudar nossa cidade de patamar e, melhorar  a vida da nossa gente. E sem medo de errar garanto que muita coisa mudou. Imperatriz está ”. 

Sobre os problemas de infraestrutura da cidade o prefeito declarou que com recursos problemas históricos. “Agora mesmo, e teve muita gente que não acreditou, acabamos de asfaltar em parceria com o Governo do Estado  a Avenida Norte Sul, na Vila Vitória, e a Rua Minas Gerais, na Vilinha. Chegamos  ao final deste mandato com 150 quilômetros de asfalto e 250 quilômetros de ruas piçarradas. Chegamos a todos os bairros”  afirma o prefeito.

Ao ser perguntado sobre o enfrentamento  dos problemas  saneamento básico o prefeito explicou que  pouco mais de 30% da cidade tem esgotamento sanitário.  Um problema, segundo ele,  que só se resolve com  muito  recurso sendo  Impossível enfrentá-lo sem as parcerias com os Governos Federal e Estadual.

Apesar disso Madeira garante que houve também avanços  nesse setor. Cita por exemplo a Vila  Cafeteira, alvo das obras do PAC.

“Apesar de todos os problemas, é um dos bairros mais saneados da cidade graças à parceria (PAC) com o Governo Federal. Em breve a Vila Nova e bairros adjacentes passarão pelo mesmo processo uma vez que já começamos a executar o PAC 2, que vai permitir, além da construção de aparelhos públicos, como a nova escola Machado de Assis ( em construção)  que toda aquela região receba obras substanciais de saneamento básico” informou.

Regularização fundiária


Madeira assume  o segundo mandato com a garantia de resolver um problema nunca antes enfrentado por um prefeito de Imperatriz: o da regularização fundiária da cidade. A maior parte dos bairros da cidade surgiu de invasão os lotes e residências não  são legalizados, não têm o chamado título definitivo.  O primeiro passo nessa direção  foi dado com a criação da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária para qual foi  escolhido  como titular o advogado Daniel Souza,

Com a criação dessa secretaria vamos  conceber uma "força tarefa" para cuidar de um dos principais desafios para a próxima gestão. Sei que é um programa ousado, mas é preciso ser enfrentado. Nesses anos como prefeito, o que mais fizemos foi procurar viabilizar estruturalmente  a cidade e, consequentemente, aperfeiçoar  o espaço urbano”.

Trânsito

Sobre a organização do transito, o prefeito  reconhece e admite graves problemas, mas também aponta avanços significativos e garante mais melhorias.

. “Quando assumimos a Prefeitura, Imperatriz abrigava pouco mais de 50 mil veículos; hoje passa de cem mil  certamente é  um fator de preocupação. A saída é o que já estamos fazendo: melhoramos a sinalização; abrimos novas ruas, melhoramos a infraestrutura das ruas centrais da cidade;  oferecemos novas alternativas de trafegabilidade como a Avenida Santa Tereza, que desafogou a Bernardo Sayão; transformamos em mão única a Simplício Moreira, a Coriolano Milhomem e a Sousa Lima. Em parceria com o Governo do Estado, fizemos  as ruas Hermes da Fonsenca e da Assembleia; a rua das Letras, Euclides da Cunha  e muitas outras. Agora, vamos avançar na fiscalização. Com a realização recente de concurso público, vamos contratar novos agentes de trânsito e isso, com certeza, vai ajudar ainda mais na organização do trânsito”.

Educação

Na Educação, os índices  alcançados no IDEB, segundo o prefeito, são um exemplo do resultado dos investimentos que sua gestão empenhou desde 2009.

“Nós avançamos muito na educação municipal  e isso graças aos investimentos contínuos da gestão, não só na infraestrutura com a reforma e  construção de novas escolas; mas também na qualificação dos nossos professores. O resultado desses investimentos pode ser medido com o desempenho  dos nossos alunos na "provinha Brasil", que mede a qualidade do ensino no País.  Para se ter uma ideia, 56 escolas da Rede Municipal atingiram ou ultrapassaram índices que estavam previstos para 2015” orgulha-se o prefeito.  

 Com relação à valorização do professor, além da qualificação, na nossa gestão eles tiveram aumentos que no acumulado chegam a 40%. Em 2011, como foi possível,    chegamos a pagar o equivalente a um 14° salário. Portanto, ao contrário do que se questiona na pergunta,  a Educação Municipal avançou muito.
Saúde

A saúde, pasta emblemática da gestão municipal, para Madeira, foi a área em que mais se investiu e que ainda precisa melhorar.

Durante os quatro últimos anos, informa o prefeito,  a demanda de pacientes no Socorrão só aumentou. Para ele  há muito a saúde  deixou de ser local para ser uma saúde regional com o atendimento de pacientes não só do Maranhão, mas do Pará e Tocantins.

“Antes da nossa gestão  eram atendidos cerca de oito mil pessoas, hoje atendemos 17 mil ao mês, enquanto isso os recursos do Ministério da Saúde continuam congelados há quatro anos em quatro milhões de reais. Mesmo assim melhoramos a estrutura física não só do hospital, mas das unidades de saúde, construímos e reformamos alguns postos, ampliamos o numero de cirurgias e exames, e o principal nessa área foi o aumento no numero de UTI’s com a instação das UTI’s infantis.”

O prefeito que outros avanços estão previstos e anuncia dois: a inauguração da Unidade de Pronto Atendimeto (UPA)  do São José, e aquisição e instalação de um aparelho de ressonância magnética no Hospital Municipal ( Socorrão)

Desenvolvimento Econômico


Sobre o desenvolvimento econômico, ele lembra os avanços alcançados com a chegada da Suzano, e criação de empresas de pequeno porte.

Da parte aprovamos a  Lei de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico que oferece uma série de vantagens para as empresas que aqui quiserem se instalar. Essa lei, por exemplo, foi determinante para que a Suzano optasse por se instalar em Imperatriz. Chegamos a ir a São Paulo para conversar com a direção da empresa para mostrar as vantagens de esta se estabelecer no nosso município. Deu certo. A empresa veio e com isso nossa cidade avançou na geração de emprego e divisas para o município”

 Além  disso,  continua o prefeito, na esteira da Suzano, muitas outras empresas estão vindo para cá.

O Brasil e  o mundo descobriram Imperatriz e  fico feliz que tenha sido na nossa gestão.  Muitas dessas empresas que estão vindo para cá, apesar da nossa localização privilegiada, teriam passado direto se não houvesse o interesse da gestão de sentar, conversar, mostrar as vantagens de se investir na cidade. Vamos aonde for possível para poder continuar a viabilizar nossa cidade.”

Ao falar sobre o segundo mandato, sorridente Madeira  disse ao que renovou as energias.  “Não espere um prefeito acomodado.

“Me sinto revigorado com a permissão de Deus e do povo, da minha reeleição. A cada problema enfrentado e resolvido em prol da comunidade consegui mais forças pra chegar até aqui. Vou direcionar todas as forças e aprendizado que reunimos na primeira gestão para trabalhar ainda mais no segundo mandato. Não foi possível fazer tudo o que planejamos no primeiro mandato, mas fizemos muito. Não vou descansar um dia sequer para continuar a ser o prefeito que os imperatrizenses escolheram nas urnas”.


 O vice de Madeira é filho de Imperatriz


O pastor presbiteriano Luíz Carlos Porto ( PPS) vice de Madeira  tem 55 anos  e é natural de Imperatriz. É formado em Administração e Teologia; mestre em Teologia e doutor em administração e liderança.

Membro da Academia Imperatrizense de Letras (AIL)  possui oito livros publicados.
Entre os cargos públicos que ocupou o de vice-governador do Maranhão na gestão Jackson Lago foi o mais importante. Antes, no governo Jomar, foi secretario adjunto de Administração e depois secretário municipal da Receita.
Porto é casado com sexóloga e pedagoga Cristina Porto e pai de três filhos: Diego, Naiany e Gabriel.

Como vice- prefeito de Imperatriz Porto diz que cumprirá com muito orgulho o papel protocolar de substituir o prefeito em todas as ocasiões em que lhe for permitido.

“Mais do que isso  queremos junto com o prefeito Madeira escrever essa pagina bonita na vida de Imperatriz no momento em que esta inicia sua plenitude” disse. (Comunicação)