1/05/2013

Posse dos secretários do Município prestigiada por todas classes sociais



Madeira afirmou confiar no vice, Pastor Porto e em todos os secretários
                                                                                                         
Domingos Cezar

            Empresários, políticos, profissionais liberais, funcionários públicos das três esferas e pessoas simples da comunidade lotaram as dependências do auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) para assistir a solenidade de posse dos secretários municipais nomeados pelo prefeito Sebastião Madeira, para a gestão atual.

            Como era esperado por todos, pouca coisa mudou, uma vez que o próprio prefeito já havia declarado em entrevistas recentes que, “em time que está ganhando não se mexe”. Foi o que aconteceu. A única mudança foi a criação da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária que será comandada pelo ex-ouvidor-geral do Município, Daniel Sousa.

            Para a Ouvidoria-Geral do Município, no lugar de Daniel Souza, Madeira nomeou o ex-vereador, engenheiro Joel Gomes Costa. Na Controladoria-Geral do Município permanece o economista Cândido Madeira e na Procuradoria-Geral do Município também fica o advogado Gilson Ramalho de Lima, todos eles de extrema confiança do gestor municipal.

            A mesa foi composta pelo prefeito Sebastião Madeira, o vice, Luis Carlos Porto, o deputado estadual Léo Cunha, que representou a Assembleia Legislativa, o 1º vice-presidente vereador Esmerahdson de Pinho, que representou a Câmara Municipal, o secretário Lula Almeida, o presidente da ACII, empresário Euclides Viêra, o presidente do PMDB, médico Antonio Leite e o Pastor Raul Cavalcante.

            Após a formação da mesa a palavra foi facultada para o presidente da Assembleia de Deus de Imperatriz, Pastor Raul Cavalcante, que lembrou ter sido a decisão de Deus a eleição do prefeito Madeira, bem como dos secretários escolhidos por ele. “A função que vocês estão recebendo nesse momento é também uma missão divina”, observou o pastor. Leu em seguida um versículo do livro de Josué direcionado ao prefeito e secretários.

            Secretários empossados


Prosseguindo a solenidade, o mestre de cerimônia, radialista Jerry Alves, fez a leitura do documento de nomeação de todos os secretários para então empossá-los. Madeira começou pela nomeação do advogado José Raimundo Almeida, o Lula Almeida, na Secretaria de Governo e Projetos Estratégicos (Segov).

            Em seguida empossou Zesiel Ribeiro da Silva (Educação), Miriam Reis (Desenvolvimento Social), Iramar Cândido Lima (Administração), Joaquim Quirino Cruz, o Neto da Ampere (Desporto e Lazer), Conceição Formiga (Política para mulheres), José Cleto de Vasconcelos (Planejamento Urbano e Meio Ambiente), José Fernandes Dantas (Agricultura), Rômulo de Sousa Costa (Juventude e Trabalho), Liberato Rodrigues (Fazenda e Gestão Orçamentária).

            Foram empossados ainda, Roberto Vasconcelos Alencar (Infraestrutura), José de Ribamar Soares, o Cabo Jota Ribamar (Trânsito e Transportes), Conceição de Maria Madeira (Saúde), Sabino Siqueira da Costa (Desenvolvimento Econômico), Francisco das Chagas, o Chico do Planato (Defesa Civil), Hudson Nascimento (Chefia de Gabinete), Elson Araújo (Comunicação), Filomena Braga (secretária particular) e Denize Magalhães Brige (Comissão Permanente de Licitação).

            O prefeito em seu pronunciamento esclareceu aos presentes que não empossou Antonio Mariano Lucena Filho, na presidência da Fundação Cultural de Imperatriz (FCI), porque sua nomeação depende da aprovação da Câmara Municipal, que só retorna do recesso na segunda semana de fevereiro. “Mas se depender de mim, o Lucena Filho permanece à frente da Fundação”, garantiu Madeira.