3/23/2013

PSDB: CÉLIO LOUZA DEIXA A PRESIDÊNCIA, CÂNDIDO MADEIRA ASSUME




                   CONVENÇÃO é HOJE NA CÂMARA MUNICIPAL


Depois de várias reuniões e conversas de bastidores  os tucanos de Imperatriz optaram  pelo consenso e vão eleger na manhã de hoje o economista Cândido Madeira Filho presidente do Diretório Municipal do Partido da Social Democracia Brasileira-PSDB.  A convenção tucana será declarada aberta às 8 horas da manhã devendo a votação ser encerradas  às duas horas da tarde.

Cândido Madeira  recebe o comando do PSDB das mãos do empresário Célio Louza  que  deve ir para o Conselho de Ética do partido.

Os tucanos também já definiram os novos dirigentes do PSDB Mulher e da JPSB.  A vereadora Edneusa Caetana Frazão vai passar a presidência da ala feminina do PSDB para a ex-candidata a vereadora Maura Barroso.  Ricardo Matos  entrega o comando jovem para o líder estudantil    Joenes da Conceição Chagas.

“Será uma honra  presidir o PSDB. Um partido que já fez muito pelo Brasil, e que muito faz hoje por Imperatriz.  Quero agradecer o apoio recebido dos filiados e do nosso líder maior, o prefeito Sebastião Madeira” declarou ontem á tarde  Cândido Madeira.

Para Cândido Madeira  o PSDB de Imperatriz tem exercido um importante papel político ao longo dos anos tendo participado ativamente da cidade.  Desde a sua fundação tem participado de todas as eleições. “ Elegemos vereadores. Por quatro vezes consecutivas  mandamos para Brasília  um deputado Federal, que foi o Madeira  e que hoje, pela segunda vez, governa Imperatriz”  concluiu Cândido.


O PSDB de Imperatriz foi fundado no final dos anos 1980 sob a influência  do então deputado Federal Jaime Santana. Entre os primeiros dirigentes o advogado  Agostinho Noleto Soares, os médicos Sebastião  Madeira e Ubirajara Pereira  e o empresário Edson Arouche (in memoriam).

Além de Agostinho Noleto,  que depois foi para o então PFL, presidiram na sequencia  o PSDB, o hoje prefeito Sebastião Madeira, o médico Ubirajara Pereira, o empresário Raimundo Siqueira, o líder da Assembléia de Deus, Francisco Ramos e  o ex-vereador Trajano Neto, o vereador Hamilton Miranda ( por três vezes)  e o hoje empresário gráfico Célio Louza.