3/19/2013

Secretaria Municipal de Regularização Fundiária será aberta ao público nesta terça-feira.


Cidade de Imperatriz 

Um dos compromissos assumidos pelo prefeito Madeira na execução de seu segundo mandato,  a regularização fundiária urbana do município de Imperatriz a partir de hoje entra na pauta das ações diárias da gestão com a abertura ao público das atividades da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária.

A solenidade, presidida pelo prefeito Sebastião Madeira, será às  9 horas da manhã, momento em que convidados e imprensa terão a oportunidade de conhecer as instalações e a equipe de trabalho da nova pasta.

Até então o secretário Daniel Souza,  dada à  complexidade da questão, trabalhava no processo de organização interna da equipe de trabalho cuidadosamente escolhida e treinada  para   encarar, conforme o secretário, uma situação que ao longo dos anos, tem produzido muita insegurança a milhares de imperatrizenses que figuram como possuidores, mas não  como proprietários dos imóveis que ocupam.
                                  Daniel Souza, secretário

A secretaria vai funcionar na Godofredo Viana ( ao lado da Prefeitura)  onde funcionava a  antiga Casa Brasil. A nova pasta, como o próprio nome sugere,  terá a missão de regularizar a situação de milhares de imóveis na cidade.

Daniel Souza considera a data de hoje como um marco histórico já que o poder público municipal passa a encarar uma situação que sempre foi deixada de lado.

“ A partir das 14 horas já iniciaremos o atendimento ao público.  Funcionaremos  pela manhã, das 8h ao meio dia; e das 14 horas ás 18 horas”  informou o secretário.

De pronto Daniel Souza informa que os trabalhos vão começar pelos  processos que já vinham em tramitação na Secretaria da Fazenda e Gestão Orçamentária.  Serão priorizados, segundo ele,  os processos já iniciados bem como o atendimento jurídico das ações de usucapião e o de defesa dos processos judiciais que tratam sobre imissão de posse.

A expectativa da nova Secretaria é do atendimento diário de pelo menos 200 pessoas.