7/19/2013

Carteiras estudantis serão entregues aos alunos da Rede Municipal até o final do mês



Os alunos da Rede Municipal de ensino que ainda não solicitaram a carteira de identidade estudantil podem procurar a sede da Secretaria Municipal de Juventude (Sejuv), localizada em uma das salas do Estádio Municipal Frei Epifânio D’Abadia em horário comercial, até o final de julho para preencher os formulários gratuitamente.

 “Estamos à disposição dos estudantes que desejam receber sua carteira estudantil, basta apenas que nos tragam o formulário preenchido com a declaração de sua escola acompanhada de uma foto”, afirma Rômulo Costa, titular da Sejuv.

A iniciativa realizada em parceria com a União Municipal dos Estudantes Secundaristas (Umes) visa beneficiar os alunos da rede pública municipal com carteiras estudantis gratuitas.

Rômulo Costa ressalta que as carteirinhas já solicitadas estão sendo entregues nas escolas. “Fizemos a entrega simbólica das carteirinhas aos alunos da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, localizada no Bairro Nova Imperatriz, na semana passada. As demais estão sendo entregues nas escolas e serão repassadas aos alunos pela direção de cada instituição”, explica.
         
      A ação que contempla a classe estudantil faz parte do calendário festivo dos 161 anos de fundação de Imperatriz. Segundo o secretário, neste primeiro momento foram entregues 75 documentos, mas ele garantiu que o projeto se estenderá até o final desse mês.
     

    “O Objetivo da Secretaria da Juventude, é confeccionar, no mínimo, 1.610 carteirinhas, numa simbologia aos 161 anos de fundação da cidade de Imperatriz, multiplicados por 10”, explica Rômulo Costa, ressaltando que a ação começou pela Escola Municipal Costa e Silva, por esta ter reunido o maior número de fichas de solicitação.

         A respeito do processo dessa ação, o secretário da Juventude explica que a aquisição individual da certeira estudantil custaria ao aluno o valor de R$ 12,00, “Porém, pela parceria que firmamos com a Umes e as escolas envolvidas, o único gasto do estudante é com a fotografia 3x4 e a cópia dos documentos”.

         Beneficiado, o aluno Pablo José Silva Oliveira, 15 anos, 7º ano vespertino da Escola Costa e Silva, disse que, “com a carteirinha vou poder comprar ingresso de shows evangélicos e ir ao cinema, tudo pela metade do preço”.

Para Weslany Araújo Braz 13 anos, 6º ano, a alegria de receber a carteirinha se deu pelo fato de não ter condições de pagar o valor da taxa cobrada para a confecção individual. “A primeira coisa que eu vou fazer com a carteira é ir ao cinema”.

         Por sua vez, Lucas Nascimento Silva, 11, 6º ano, afirmou que também nunca havia solicitado o documento porque não tinha condições de pagar os R$ 12,00. “Agora eu consegui de graça”, comemorou.

Já os alunos João Pedro, Rikelme Cruz e Wallysson Rocha não preencheram o formulário porque não acreditaram na ação. Entretanto, quando viram os colegas recebendo suas carteiras, logo trataram de preencher seus formulários. [Da ASCOM]