7/30/2013

Relatório do Pnud coloca Imperatriz entre os municípios Brasileiros com alto desenvolvimento humano


“Nossa cidade está cada vez melhor”, diz Madeira.

            Dados do "Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013", divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) mostra Imperatriz entre os municípios brasileiros com alto desenvolvimento humano.

            Considerada metrópole da Região Tocantina, em relação ao desenvolvimento e qualidade de vida, de acordo com o relatório divulgado na página da Globo na internet, Imperatriz alcançou o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 0,731. O que a coloca em situação de vantagem em relação aos municípios de Porto Franco (0,684), Estreito (0,659), Açailândia (0,672) e Balsas (0,687), que têm forte influência na produção agroindustrial do estado, mas só alcançaram o médio desenvolvimento.

            De acordo com o programa, o índice é calculado com base em três indicadores: longevidade e saúde; acesso ao conhecimento; renda associada à qualidade de vida. Nesses itens, segundo o relatório, Imperatriz contabiliza respectivamente 0,803 (vida longa), 0,698 (educação) e 0,697 (padrão de vida com base no rendimento per capita por pessoa).

            Em entrevista, o Prefeito Sebastião Madeira ressaltou a satisfação em receber o fruto do trabalho enquanto gestor. “Esses dados são obtidos com base em áreas essenciais como educação e renda. Mas o importante não é apenas aumentar a renda como o ocorrido em diversas cidades do nordeste onde houve aumento considerável na renda e não houve melhora na qualidade de vida com investimento em infraestrutura, educação, e saúde por exemplo. Isso mostra que nossa cidade está cada vez melhor”.